sexta-feira, março 09, 2007

Que Negócio Este !

Afinal isto não é vergonhoso?
Hoje publica o "Notícias de Almada", que só começou a ser colocado nas caixas de correio aqui na zona há oito/quinze dias, que a" Comissão parlamentar concluiu o processo de petição de moradores", mas não diz que o Relatório da Comissão não foi aprovado por unanimidade e que houve uma declaração de voto por o Relatório conter inverdades e omissões.
Curiosamente também este jornal, hoje foi distribuído em locais onde nunca tal era feito.
Esquece o Notícias de Almada, o Despacho da Secretária de Estado dos Transportes de 22JULHO2005 que fixou o novo traçado do MST no Triângulo da Ramalha, conforme a CMA e a Assembleia Municipal vinham exigindo ao Governo, o qual retirou a linha 3 da R. Lopes de Mendonça.
Quem distribuíu a conclusão dos trabalhos da Comissão Parlamentar a este jornal?
Certamente foi quem não esteve interessado em divulgar o despacho da Secretária de Estado aos almadenses, porque muita coisa há nesta notícia que não consta no site http://triangulodaramalha.blogspot.com uma fonte de informação das verdades deste processo que não chegavam ao público por outros meios, devido ao controle que vai havendo, um pouco por todo lado, como já tivemos oportunidade de dizer.
-Não diz o Notícias de Almada que a CMA mentiu e omitiu informação ao Tribunal de Contas.
-Não diz o Notícias de Almada que o Ministério das Obras Públicas, Transportes e Comunicações omitiu informação ao Tribunal de Contas
-Não diz o Notícias de Almada que CMA e Ministério das Obras Públicas Transportes e Comunicações omitiram informação à Comissão Parlamentar.
-Não diz o Notícias de Almada quem elaborou o Relatório Final da Comissão.
-Não diz o Notícias de Almada que a Comissão Parlamentar sabedora do Despacho da Secretária de Estado dos Transportes, os moradores informaram-na, nunca questionou o Governo sobre isso, nem o solicitou ao Governo ou incluíu no processo da Petição.
-Não diz o Notícias de Almada que havia um compromisso de CMA e Governo de apresentar aos moradores todas as soluções alternativas e que esta agora anunciada nunca foi apresentada aos moradores.
-Não diz o Notícias de Almada que a Solução escolhida no Despacho da Secretária de Estado não interessava à CMA, razão porque a CMA nunca a divulgou.
-Não diz o Notìcias de Almada quanto é que os contribuintes vão pagar mais, pela solução que a CMA defende nem quanto a mesma é prejudicial aos moradores e ambiente.
-Não diz o Notícias de Almada que o Governo mandou fazer um estudo das alternativas possiveis ao traçado e que a dos moradores, a que foi escolhida pela SETransportes, era a mais económica , de menor impacte ambiental e menos prejudicial para os moradores.
-Não diz o Notícias de Almada que havendo um Despacho Governamental fixando o traçado, o novo traçado conforme a Assembleia Municipal exigiu em 10Março2004, os moradores estão sendo enganados, por gente eleita e que se diz democrata!
E os Senhores Deputados deste país, que se dizem representantes da população o que pensam destas omissões de informação e do comportamento das entidades que a omitiram?
E os Senhores Deputados Municipais o que pensam disto tudo? Que atitude vão tomar?
É assim que funciona a democracia em Portugal?
Será que a democracia é um processo/procedimento político ao serviço de alguns para enganar os cidadãos?
Os almadenses também estão sendo enganados.
Tudo isto é muito claro. QUE INTERESSES OCULTOS HÁ NESTE PROCESSO DO MST E OBRA?

12 comentários:

Repórter disse...

Muito estranho o que por aqui se passa.
Este negócio do MST dá para pensar.
"Estamos a um metro" de quê, afinal?
"Amigos do ambiente"? Onde?
Trata-se, também, de uma articulação (golpe de rins)que visa iludir quem pretende falar verdade?

Estou pensativo.
Atenção que eu já falei no grande negócio que se avizinha: a empresa Barraqueiro vai comer tudo!!!
Será por meios lícitos ou por mais um jeitinho?

residente disse...

Isto é um negócio de "panelhinha" onde não há sequer pruridos pessoais de algumas pessoas, nem ética na politica.
O desespero de uns quantos perante as asneiras que fizeram leva-os "ao agora vale tudo" porque dizem que é o futuro que vai chegar.
Quem fica com o futuro garantido?
Os residentes não são certamente.
É a fuga para a frente perante o churrilho livre da asneirada à solta.
O cidadão é clindrado em nome da democracia.
Democracia?

Papoila disse...

Também li esta notícia e fiquei perplexa...

Luis Eme disse...

Infelizmente é este o jornalismo local que temos... subserviente ao Poder, porque o Executivo não gosta de muitas ondas (já lhes basta as da Costa...)

E como há Fitas para todos os gostos...

residente disse...

Caro luis eme,na verdade há Fitas e fiteiros para todos os gostos e não foi por acaso que o jornal se reiniciou com Fitas na actual fase, ao gosto da autarquia almadense.
Só não entendo como algumas pessoas da "oposição" que existe em Almada,ainda não se aperceberam das Fitas que realmente existem neste jornal(ismo) local e colaboram por vezes na encenação fiteira desta autárquica "democrácia", ajudando à festa.

Anónimo disse...

Permitam-me uns pequenos àpartes:
Recordam-se das declarações da Sec Estado proferidas à comunicação social aquando da sua nomeação para o cargo e que, instada a comentar o reduzido número de mulheres convidadas para fazer parte do Governo, referiu não existirem tantas mulheres assim com capacidade técnica ( como as que a própria teria...)para o exercício de altas funções no Estado ?
Verifica-se que, como muitos dos seus colegas e inclusivamente o seu chefe, perdeu uma soberana oportunidade para ficar calada...

O Presidente do TC depois de umas vistosas entradas de leão com que pretendeu demonstrar a sua isenção no exercício do cargo mostra tb agora que sabe engolir sapos sem esboçar um pio que seja...

Há que estudar os efeitos que a terceira travessia e os interesses que a Fertagus tem no desenvolvimento do próprio MST .
Aguarda-se um parecer da PGR sobre o assunto.

Repórter disse...

Vamos lá a chamar as coisas pelos nomes...
Fitas há muito que parece fazer jeitinhos, a troco de uns anúncios no jornal.
Alguém se lembra, ainda, do (mal) que
Fitas dizia do "sistema"?
Mas não é Fitas o único culpado. É evidente que não.

O caro "residente" abordou a questão do futuro?
Sabe qual é o futuro mais certo e que não interessa ao povo? É a reforma assegurada de Emília e seus companheiros.
Quanto à fuga, já esteve mais perto.
Mais mês, menos mês, fogem. Eles fogem.
E diz quem sabe que até já têm as malas feitas. E lugares prometidos.
A bem do povo almadense, está bom de ver.

Anónimo disse...

Pelo que estamos a ver o MST é cada vez mais um requintado espectáculo circense.

Repórter disse...

Caríssimo anónimo: importa-se de explicar o que é isso de fenómeno circense?
O circo é um local de trabalho, com gente que luta pela vida e cuja profissão é nobre. Muito mesmo.
Não há, pois, comparação. Certo?

Anónimo disse...

prestidigitação talvez seja o termo adequado...não?

residente disse...

Respeita-se o circo tal como os profissionais que aí trabalham. No circo gosto de ver um bom palhaço, um bom ilusionista, um bom "mágico", um bom contorcionista, um bom equilibrista, um bom trapezista,um bom músico, etc, etc...
A politica, referindo-se à vida na "polis" tem de ser exercida com ética..., nem muita, nem pouca, simplesmente com ética.
É quanto basta.
O resto é um triste, muito triste espectáculo.

Repórter disse...

Fiquemos pela tristeza dos factos...