sábado, maio 19, 2007

Estudo das Alternativas ao Triângulo da Ramalha IX

- METRO SUL DO TEJO (MST) -
Avaliação dos Critérios Ambientais, Ruído, Património, Componente Social e Paisagem(continuação de VIII)

SUMÁRIO deste Post: Análise Preliminar de Custos Na postagem anterior dentro deste mesmo Tema, revelámos as conclusões do estudo mandado realizar pelo Estado, onde a Solução 5 ( dos moradores) revelou ser a melhor depois de ponderados todos os critérios que sustentaram o estudo comparativo. Hoje apresentamos e relacionado com esse estudo, a Análise Preliminar de Custos das 5 Soluções, onde volta também a evidenciar-se a mais valia da Solução 5:

A Solução 5 é a de menores custos.

(clique sobre imagem para aumentar e ler)

Técnica, ambiental e economicamente a Solução 5 é a melhor, além de causar menores danos aos residentes.

"Branco, mais Branco, não há" !

3 comentários:

Anónimo disse...

Um milhão de euros não é nada se pensarmos nos subsídios de um ano que a cma dá às colectividades e associações. Deixem-se de fazer contas que são bagatelas.

moisés disse...

Há-de haver uma causa para a recusa da hipótese 5.
Gostaria de perceber.
Uma é, claramente, a teimosia da senhora que julga ser a dona e senhora do concelho. Mas há mais.
Alguém consegue explicar?
Obrigado.

Anónimo disse...

Outra é ela não gostar de perder nem a feijões.
Outra é ela não ter vergonha.
Outra é não existir oposição política em Almada.
Outra é pensarem que se o PCP/CDU pensa assim então é porque é bom para Almada e para o País.
Outra é porque há gente que não tem dignidade.
Outra ainda é pensarem que se chegaram aqui e há inúmeros problemas então a fuga será para a frente.
Como diz o outro "P´rá frente é que é Lisboa" e quando o mar bate na rocha quem se há-de lixar é o mexilhão