quarta-feira, maio 30, 2007

Atrasos da Obra / Multas no Metro Sul do Tejo

Da Deliberação da Assembleia Municipal de Almada (AMA) de 10MARÇO2004 à aplicação de multas em consequência da indisponibilidade de terrenos pela CMA e à responsabilidade desta nos atrasos da obra / sobrecustos para a Concessionária e Concedente/Estado.
De quem é a responsabilidade?
Em 22 de Julho de 2005 por Despacho da Secretária de Estado dos Transportes foi fixado o novo traçado do MST no Triângulo da Ramalha, mas a Câmara Municipal de Almada continuou a indisponibilizar os terrenos para prosseguimento da obra durante mais de um ano.
(clique nos doc. para aumentar e ler) Folhas 1 ; 2
Folhas 3 ; 4
Entretanto em Janeiro de 2007, fonte fidedigna disse-nos que o valor pelo atraso das obras do MST já estava em 75.000€ / dia.
Em 30ABRIL2007 a SIC online a propósito da inauguração do troço Corroios-Cova da Piedade dizia que o atraso de 16 mesese se ficou a dever "essencialmente à contestação dos moradores do chamado triângulo da Ramalha, que não concordaram com o trajecto inicial, entretanto alterado".
Isto não é verdade. Leia-se a deliberação da Assembleia Municipal de Almada de 10MARÇO2004, porque a partir de 22 de Julho 2005 o traçado do MST no Triângulo da Ramalha foi decidido pela SET e a CMA continuou a não ceder os terrenos.
A CMA não só é responsável pelos atrasos da obra, como também pelos danos e prejuízos que está a provocar a Almada, aos residentes e aos contribuintes.
Informa-se que embora a notícia da SIC diga que o traçado no triângulo da Ramalha está alterado, a alteração que nos querem impor não corresponde ao Despacho da Secretária de Estado dos Transportes por a Presidente da Câmara ter recusado cumprir a decisão do Governo.
A CMA está a ser desonesta para os almadenses e para os residentes da Ramalha em especial.
A CMA exigiu ao Estado uma decisão (Deliberação de 10MARÇO2004). O Estado decidiu. A CMA não quer cumprir a decisão e o Governo vai a reboque da presidente da Câmara de Almada.
Porque será? Há aí qualquer contrapartida prejudicando os residentes? Algum acordo secreto? Outro negócio?

4 comentários:

rouxinol disse...

Aqui não há gato.Há negócio.

nunocavaco disse...

No a-sul falava em respeito pela opinião dos outros. Tente começar o amigo pode ser que seja respeitado.

Luis Eme disse...

Espere que se encontrem respostas para todas estas questões pertinentes.

residente disse...

Caro luis eme, nós bem questionamos mas "eles" remetem-se a um silêncio cúmplice...porque sabem o trabalhinho que engendraram.
Apesar desse silêncio cúmplice, comprometedor, nós não nos calamos.