segunda-feira, novembro 26, 2007

O Escândalo do "Triângulo da Ramalha" ( III )

Esta foto mostra um novo conceito de faixa de rodagem, no âmbito da designada Requalificação Urbana que a Câmara Municipal de Almada está a levar a efeito com as obras que vão trazer o futuro (o seu metro) a Almada.
Esta faixa de rodagem/carreiro, calcetada(o) é na Rua de Alvalade e vai entroncar, depois de passar sobre as linhas do Comboio/metro curvando à direita, no carreiro mostrado no post anterior referente ao Vale Ferroviário José Justino Lopes.
Transcrevemos mais um comentário deixado por um visitante deste blog,ainda do post do dia 17/11/2007 " E Nada de Novo Trouxe."
Anónimo disse... Na cidade de Almada as coisas não podem ser assim e no Triângulo da Ramalha muito menos...

Sim,

PORQUE HÁ OUTRO CAMINHO PARA O PAÍS....

A VIDA NÃO TEM QUE SER ASSIM.

A POLÍTICA NÃO TEM QUE SER ASSIM.

NÃO ESTAMOS CONDENADOS A ESTAS SUPOSTAS "INEVITABILIDADES" QUE OS GOVERNOS E O PODER ECONÓMICO NOS QUEREM IMPINGIR.

É MESMO POSSÍVEL CONSTRUIR UM FUTURO MELHOR. É PRECISO LEVANTAR A CABEÇA E IR À LUTA.

Digo eu um pobre cidadão "ignorante" de Almada, residente na Ramalha, não a partir do meu pouco saber mas "parafraseando" as doutas palavras de Sua Exa. o Sr. Deputado pelo Distrito de Setúbal Dr. Bruno Dias (ver Jornal Meia Hora, edição de 20 de Novembro), que, não ganhando o "tacho" nas urnas, o ficou a lamber pela "renovação" ocorrida no partido, substituindo a Dra. Odete Santos...

Sim, porque no partido (no PÊCÊPÊ...), não exerce um qualquer mandato quem ganha as eleições (e o Sr. Deputado perdeu-as, NÃO AS GANHOU...), mas quem é "democraticamente" indigitado, tal qual o presidente ou demais elementos do conselho de administração de uma Sociedade Anónima (CAPITALISTA)...

Desta vez a sorte foi madrasta para o Sr. Deputado, pois, com mais este mandato de deputado seria mais um dos muitos reformados políticos APENAS com dois mandatos, e com trinta e poucos aninhos de idade...

Assim é que é! O povinho aguenta tudo... É um género de monarquia dentro da democracia, o "poder" democrático vai passando de pais para filhos (não desanime homem, não está sozinho na sucessão do "poder", há mais...)...

Mas voltemos ao texto do Sr. Deputado.

Afinal parece que, para além de estamos condenados ao poder económico, como diz o Sr. deputado, também estamos condenados ao poder político, neste caso ao poder autárquico...

Se assim não fosse, o povo da Ramalha, que V. Exa. tão bem "defende" (qual papagaio dos tempos modernos, ou Frei Tomás no antigamente), não seria castigado pelos interesses de um qualquer poder econonómico, no caso em apreço o do Concessionário, de MÃOS DADAS COM O PODER AUTÁRQUICO...

Como pode um camarada de partido do DEPUTADO (NÃO) ELEITO pelo Distrito de Setúbal, o Vice-Presidente da CMA, Dr. José Gonçalves, afirmar que "não sabe" como vão ficar as coisas na Rua Justino Lopes?

Ou está cego, ou é um perfeito ignorante na matéria (situação que se aceita pela sua formação académica), ou faz dos cidadãos de Almada em geral e dos residentes na Ramalha em particular uns completos parvos, sendo que esta última situação não é aceitável quando se diz que é possível CONSTRUIR UM UM FUTURO MELHOR...

Pergunta novamente o cidadão ignorante:

Um futuro melhor para quem?

Para os cidadãos confinados dentro de um Triângulo Ferroviário, ou para as empresas que, pelo facto de encontrarem "negociadores fáceis" (queremos acreditar que só pela sua ignorânçia na matéria...), aproveitam da proposta dos moradores todas as vantagens (traçado pela Rua de Alvalade), dando-se ao luxo de sobrefacturam 1.200.000.00 Euros, por uma obra perfeitamente desnecessária e lesiva dos mais elementares direitos dos cidadãos residentes nestas artérias ...

Senhor Deputado, Senhores autarcas, é tempo de LEVANTAREM A CABEÇA E IREM À LUTA, na defesa dos verdadeiros interesses dos poucos que vos elegeram e dos muitos que deveriam representar e que tanto espezinham...

Não o fazendo, isto não nos cheira bem... E deve ter um nome que o anónimo anterior não quiz dizer mas pensou... o que é bastante mais grave, gravíssimo. Novembro 21, 2007 12:05 AM

1 comentário:

pedro disse...

Estes democratas aqui,outros acolá, vão trinchando na melhor o perú pago "com sangue, suor e lágrimas" pelo sacrificado zézinho.