quarta-feira, setembro 03, 2008

A CMA na Defesa do Ambiente

A Câmara Municipal de Almada e a sua presidente são acérrimas e intransigentes defensoras do ambiente. É em parte também com a sua conversa de defesa do ambiente que a presidente continua a enganar os almadenses.
Na Ramalha, mais precisamente na ex-rua Lopes de Mendonça a senhora dá provas, através da sua criteriosa e competentíssima fiscalização, que a preservação do ambiente está em primeiro lugar.
Na foto vemos um canteiro ecológico onde lixo, garrafas de plástico e de vidro, madeiras, plásticos e entulho variado, ficaram soterrados pela terra "fertilizada" para jardinagem.
clique nas imagens para aumentar
Nesta imagem temos o mesmo local já terraplanado, do qual só foram retirados os três pedaços de tubos que se vêem na foto.
O que aqui denunciamos não é caso único, é aliás um exemplo do exemplar trabalho de defesa do ambiente que a CMA e concessoinária levam a efeito ao longo do espaço canal para a implantação do comboio da presidente. Na mesma ex-rua isto repetiu-se.
Depressa e em força é a ordem, sem respeito pelas pessoas.
Isto dá-nos também uma imagem do trabalho de fiscalização desenvolvido pelos fiscais da Câmara Municipal de Almada e da obra (do Estado ou da Concessionária ?).
Terão todos óculos de cortiça ou fecham os olhos de livre vontade e iniciativa aos atentados ao ambiente, aos moradores e ao desrespeito pelas boas normas de defesa do ambiente na execução dos trabalhos, em nome de proveitos próprios ?
Cidadão continua a ser lixo para estes (in)competentes fiscais e (ir)responsáveis da obra.

4 comentários:

Anónimo disse...

Onde estão os zelosos FISCAIS da obra?
E são três ENTIDADES para assegurar a fiscalização dos trabalhos, a saber:
- Os fiscais do Concessionário...
- Os fiscais do dono da obra (o ESTADO)...
- Os fiscais da C.M.A....
O vulgar cidadão almadense, nomeadamente aquele que no seu dia a dia acompanha a evolução dos trabalhos, apenas pode concluir que os fiscais apenas existem para se "fiscalizarem" uns aos outros...
Com efeito, o fiscal do obra apenas tem de assegurar a ausência dos demais fiscais para permitir que se cometam as atrocidades que estas duas fotografias bem documentam...
Assim vai a boa gestão da coisa pública...
Assim se explora o filão de ouro existente na ex-rua Lopes de Mendonça e muitos outros locais afectados pela praga dos "garimpeiros"... aos quais foi concedida pela C.M.A. a exploração do vil metal...

Anónimo disse...

Como é que eu posso saber que é verdade o que o autor do blog afirma? Pelas duas fotos? Como é que posso ter a certeza absoluta que não foram retirados os entulhos antes da terraplanagem? Porque o autor do blog o afirma? Ora, ora ... o autor do blog já nós sabemos de que "verdades" é capaz. Tem a rua onde mora, e as adjacentes, altamente beneficiada e qualificada (os meus próprios olhos o confirmaram já muitas vezes!), mas continua com esta sua vergonhosa campanha de difamação e mentira!

morador da ex Rua Lopes Mendonça disse...

O anónimo SEtembro 04, 2008 2:14 PM deve usar também os óculos que o autor refere, cedidos pelos tais fiscais e daí arma-se em brincalhão para nos distrair. É provavelmente um puro ignorante em requalificação urbana, padronizado pela ideologia da sua tia emília.
Quanto ao referido no blog, só lhe digo que não viu o que se passou, pois armando-se em tão puro e requalificante urbano ficaria escandalizado se tivesse visto o ocorrido.
Pode se quiser tirar a prova dos nove e peça à tia que o deixe escavar no local. Depois de o fazer juro que nunca mais votaria na tia.
Oh homem não seja tão seguidista dela, a não ser que receba alguma recompensa valiosa e de acordo com a sua personalidade.

Anónimo disse...

O anónimo das 2:14, devido ao adiantar da hora, já devia estar a fazer ó ó, se é que não anda sempre a dormir ou a tentar adormecer os outros. Se tem dúvidas, vá ao local cavar com as mãos com uma pá ou com uma retro. Aquilo que o autor do blog apresentou foi apenas um pequeno exemplo, eu vi e com bastante atenção porque na realidade não queria acreditar, quando foi feito o muro de sustentação das terras junto ao nº2 da RLM, por baixo, enterrado deverão estar cerca de uma grade de garrafas de cerveja, não sei quantas latas de sumol e coca-cola e não sei quantos metros de tubo flexivel (vermelho, azul, verde, etc). Ainda duvidam daquilo que é apresentado? Eu ficaria bastante contente que fossem verificar se é verdade, vá lá"homem" coragem, avance.