sábado, junho 30, 2007

Moção Aprovada por Unanimidade

O Bloco de Esquerda apresentou uma Moção sobre o MST na Assembleia de Freguesia da Cova da Piedade no passado dia 27 de Junho de 2007, a qual foi Aprovada por Unanimidade.
Dado nessa moção haver referência a reivindicações dos moradores da Ramalha na defesa dos seus legítimos interesses e direitos, publicamos o extracto da Moção onde tal é referido.
MOÇÃO Assembleia de Freguesia da Cova da Piedade 27 de Junho de 2007
........................................................................ ........................................................................ ........................................................................ Assim, a Assembleia de Freguesia da Cova da Piedade, reunida a 27 de Junho,
........................................................................
- apela à valorização das propostas e reforço do diálogo com diversos grupos de cidadãos que se têm mobilizado nos últimos tempos por reivindicações específicas relacionadas com as obras e projectos, como seja alguns dos moradores do chamado “Triângulo da Ramalha” e também moradores e pequenos comerciantes directamente atingidos com as obras já em curso no eixo do centro de Almada-Cacilhas;
.........................................................................
Os eleitos pelo Bloco de Esquerda Eduardo Henriques
Jorge Gonçalves
.
Nosso comentário: Esta postura e conduta é o oposto do que a Câmara Municipal de Almada e sua Presidente optaram por ter em relação aos moradores da Ramalha e a todos os que fazem justas criticas ao projecto, implantação, inserção do MST e modo de execução das obras no concelho de Almada.
A Cãmara Municipal de Almada só reune com quem lhe interessa, procurando cavar divisões entre quem protesta, como se está a verificar com os elementos de uma importante actividade económica do concelho.
Os moradores da Ramalha como têm sido persistentes e lineares nas suas justas reivindicações não se deixando encantar com as melodias da Presidente da Câmara, esta procura ignorá-los, controlando por todos os meios ao seu alcance, que chegue junto da população qualquer notícia do descontentamento e de repúdio às acções não democráticas praticadas pela edilidade na sua área de residência.

2 comentários:

Anónimo disse...

Estou siderado.
Quem são os CDU´s que ousaram votar com bloquistas esta moção?
Vão ter que dar a mão à palmatória da professora e vão levar trabalho para casa de castigo. Vão vão.

blue eyes disse...

Hummm...
Aqui há gato.
Se a professora lhes dá trabalho para casa não voltam à rua.