terça-feira, julho 01, 2008

O Circo continua

A montagem do circo MST na versão da Câmara Municipal de Almada para a ex-rua Lopes de Mendonça continua.
Mais uma vez depois do calcetamento do passeio voltam a abrir um buraco em local onde havia cabos/tubos enterrados.
clique nas fotos para aumentar
A irresponsabilidade, a falta de consciência cívica e de respeito pelo bem estar dos cidadãos revelados por quem orienta a obra e a aprovou para o local, revela-se mais uma vez nestes detalhes a um nível a que os cidadãos já conhecem nesta Câmara Municipal.
O buraco que está a ser aberto destina-se a enterrar os ecopontos e logo escolheram o melhor local para o efeito:
a 2 metros dos quartos de um apartamento, o rés-do-chão direito do nº 7 da ex-rua Lopes de Mendonça.
Quando há local muito mais afastado de qualquer apartamento e quartos para o efeito, os decisores da obra e a CMA aprovou, entenderam ser aquele o mais adequado, ecológico e menos perturbador para os moradores do apartamento.
Foram distinguidos pela CMA com a sua excelente e exemplar requalificação urbana levada a cabo nesta Almada.
Ficam com razões suficientes para agradecer à edilidade a distinção porque a sua qualidade de vida melhorará (a CMA trabalha para isso), o sono será mais tranquilo com os ruídos daí provenientes do abre tampas, fecha tampas, do "perfume" e das operações de descarga dos sacos, com veículo motorizado a trabalhar de dia ou à noite, mesmo ao lado da cama. Tudo nos conformes e perfeição sob o baixo patrocínio da CMA.
As pessoas vão passar a dormir mais tranquilamente, graças a esta louvável e distinta acção/decisão da excelente Câmara Municipal que temos.

10 comentários:

NoExit disse...

Lamentável!!!
Alguns metros ao lado tinham locais indicados para colocar os ecopontos.
Será que tudo isto acontece por acaso?
Alguém do nº 7 se portou mal e agora leva com o lixo à porta...

Nota: Nem sei como na discussão pública deste projecto ninguém se apercebeu da localização dos ecopontos...

Anónimo disse...

Quem não deve não teme .....

E a Presidente da CMA teme ...

A Presidente da CMA não cumpriu o despacho da Secretária de Estado...

Alterou a solução proposta pelos Moradores, Governo e Técnicos..

É cobarde, escondeu sempre a solução "ditadora" aos moradores ...

Isto revela bem o que é que esta senhora é capaz..

E tem que ser penalizada nas próximas eleições..

Vamos todos votar, em qualquer um menos no PCP...

Este caso é mais um daqueles que evidencia bem, que a solução escolhida foi a pior de todas ...

Projectos feitos á pressa sem respeitar e ouvir os moradores ..

Depois para almadense ver andam para aí com umas campanhas eleitorais a que chamam "Fóruns de Participação" onde largam umas gabarolices para tentar mostrar obra feita..

Não há paciência....

Será que esta gente não se cansa do poder ???

Pensem... Está na hora de dar lugar a outros ...

Já chega de "Ditadura Municipal" ..

Anónimo disse...

Trânsito na Ex Rua Lopes de Mendonça

É uma autêntica Palhaçada ...

A CMA ou o MST têm obrigação de colocar uma placa junto a Rotunda a informar que esta rua não tem saida..

A toda a hora nnnnn viaturas se dirigem pela ex RLM á Av. Bento Gonçalves provocando uma grande poeirada, ruido e colocando em risco os trabalhadores e moradores.

Chegam ao final da Ex RLM, toca de inverter a marcha e voltar para trás.... a acelerar causando enormes incómodos aos moradores e municipes que por ali circulam..

Não sei onde é que anda a fiscalização da CMA, Técnicos da Ecalma, PSP ????

Devem andar todos a dormir, ou então andam á caça a multa e a chatear quem vai trabalhar.... logo pela manhã no Centro Sul e nos acessos a A2...

Anónimo disse...

VG - Moradora
T
È demais!
Tudo menos esta localização para os ecopontos. Há que fazer qualquer coisa.
Os moradores estão a viver num campo minado.
Abaixo a ditadura comunista e antidemocrática e sobretudo estes
famigerados engenheiros que andam completamente cegos.

morador exLM disse...

Há pelo menos duas conclusões a tirar da menos própria localização para os ecopontos:
- o vazio mental de quem decidiu a localização no projecto,
- o vazio mental dos agentes da Cãmara municipal que a aprovaram.

Anónimo disse...

Fazem barulho por nada..
Se há é porque há, se não há porque não há..

Anónimo disse...

Senhores (i)responsáveis da C.M.A.:

Será que os moradores têm de suplicar, mendigar, implorar, pedir, requerer, enfim, fazer qualquer coisa (EVENTUALMENTE INSCREVEREM-SE NO PARTIDO REINANTE EM ALMADA...), para que alguém com olhos de gente possa ver os atropelos, os autênticos crimes de que estão a ser vítimas?

Não basta terem o comboio à janela das suas casas (obra perfeitamente desnecessária), agora também têm de ter o contentor dos resíduos sólidos (LIXO DOMÉSTICO) a dois ou três metros das mesmas janelas...

Tenham dó... pelo simples facto de os moradores terem tido ideias, não podem agora ser castigados...

Foi para isto que a C.M.A. "exigiu" do Estado que o Concessionário fizesse a apresentação prévia dos projectos, adoptasse o famoso "trem construtivo" e outras fantochadas do género?

Não há "inteligências" nos serviços da C.M.A., ou no partido que a "GOVERNA", para estudarem melhores alternativas?

Como parece não haver, a avaliar pela solução que está a ser adoptada, fica agora bem demonstrado que as fantochadas a que nos referimos anteriormente só serviram para ajustar o andamento das obras do comboio regional ao calendário eleitoral...

Tudo o resto, especialmente os mais elementares direitos dos moradores, foram mandados às urtigas...

Assim vai a nossa "demo-cracia"...

almadense disse...

A denúncia pública da localização dos depósitos de lixo vem expor a irresponsabildade e a incompetência técnica daqueles que tomaram a decisão de os colocar naquele local.
Há muito deveriamm estar retirados do circuito da função pública ou de fornecedores de mau trabalho para o sector público, para não prejudicarem mais as pessoas e não continuarem a viver à conta do Estado ou das autarquias.
Não são, nem estão capacitados para autoavaliarem-e e reconhecerem erros.
Precisam ser empurrados.

Anónimo disse...

Isto que digo é realmente radicalismo... mas "para grandes males, grandes remédios".
A Câmara não tem consideração pelos moradores, então os moradores não têm que ter consideração pela Câmara.
Contra o terrorismo da Câmara, o terrorismo dos moradores.
Em vez do lixo nos contentores, ponham o lixo na a linha!

Só esta pode ser a linguagem que estes autarcas merecem...

Anónimo disse...

A aceitação pela Câmara de Almada colocar no local mostrado nas fotografias, recipientes de depósito de lixo corresponde a formação deficiente de seus técnicos em higiene e limpeza urbana.
Se entendem ser correcto ponham também junto da sua residência e da presidente da câmara.