segunda-feira, agosto 06, 2007

Epístola do Sr. Presidente da Assembleia Municipal

No passado dia 28 de Junho de 2007, os residentes da R. Lopes de Mendonça, António Correia e Eurico Marques, fizeram uma intervenção na Assembleia Municipal no período aberto ao público.
No passado mês de Julho receberam do Sr. Presidente da Assembleia Municipal (AM) a missiva que abaixo se insere, possívelmente com algum propósito pedagógico, dado no intróito da mesma, o Sr Presidente dizer "importa considerar para uma correcta análise dos procedimentos, das intenções políticas e substrato intelectual os seguintes factos."
clique sobre os doc. para aumentar e ler
folhas 1 e 2
folhas 3 e 4
Dado nessa missiva o Sr. Presidente parecer considerar-se senhor da "verdade absoluta" e dizer, referindo-se a cada um dos intervenientes "deliberadamente omitiu esse dado fundamental", quando nada disso omitimos e, produzir afirmação no seu ponto 5, que não corresponde à verdade, para além de fazer uma interpretação de conveniência e de ocasião dos factos, resolvemos:
-responder individualmente ao Sr.Presidente sobre o conteúdo desta sua epístola pseudo -pedagógica,
-divulgar neste blog, nos próximos dias, essas mesmas cartas-resposta,
para que os visitantes deste blog e os almadenses, tirem as conclusões que entenderem, uma vez que temos documentos ( já aqui divulgados) que contradizem afirmações do Sr. Presidente da AM e bem assim colocam em causa as conclusões que o mesmo Sr. abusivamente no seu interesse pessoal e partidário e da sua Câmara Municipal retira, em prejuízo dos compromissos aprovados pela AM em 10 de Março de 2004, quando no desempenho das funções que exerce, deveria primar pelo rigor e independência relativamente à CMA e ao partido político que o acolhe, ( Deliberação aprovada) já que nesse cargo, está ao serviço da população almadenses e não de outros possíveis interesses.

3 comentários:

rouxinol disse...

É o Sr. presidente Maia. Esperavam outra coisa dele?
Ele sabe quem serve e quem tem de servir.
É tempo de PS e PSD acordarem e repensarem no seu desempenho na assembleia municipal.

o cobrador de impostos disse...

Apesar de considerar o senhor José Manuel Maia, um ser humano com qualidades acima da média, sou obrigado a concluír que a sede partidária é cega.
O que ele escreveu não me espantava se, com a devida adaptação, tivesse sido escrita por Salazar.

residente disse...

O Senhor José Manuel Maia esquece-se facilmente as suas responsabilidades de Presidente da Assembleia Municipal onde deve pautar as suas atitudes e comportamentos pela isenção e respeito pelas regras democráticas.
Só assim serviria Almada e os almadenses.
Só assim a população lhe ficaria grata pelo seu desempenho.
Só assim sairia dignificado do cargo que exerce.
Só assim se respeitaria e faria respeitar.