quinta-feira, agosto 23, 2007

Nova Carta do Senhor Presidente da Assembleia Municipal a Morador

Divulgámos neste blog a Carta que o Senhor Presidente da Assembleia Municipal (AM) dirigiu a dois moradores da Rua Lopes de Mendonça, que fizeram uma intervenção na Assembleia Municipal de 28 de Junho de 2007.
Os dois moradores responderam individualmente ao Senhor Presidente da AM.
O morador António Correia já recebeu uma nova missiva do Senhor Presidente da AM, a qual se insere abaixo.
clique sobre os doc. para aumentar e ler
Fls 1 e 2
fls 3 e 4 fls 5
Na sequência da carta anterior, o Senhor Presidente da AM vem nesta mostrar, de novo, o seu propósito de omitir o Despacho 06.07/05 SET de 22JUL2005 da Secretária de Estado dos Transportes e aquilo que os Deputados Municipais aprovaram por unanimidade através da Deliberação de 10 MARÇO 2004, não escrevendo, novamente na integra, a alínea g) do ponto 1 desta Deliberação, onde consta o que foi exigido ao Governo e cujo texto é:
g) A fixação do novo traçado no chamado"Triângulo da Ramalha", encerrando o dossier após explicação técnica fundamentada à população, permitindo desta forma a elaboração do projecto de execução;

O texto completo desta exigência da AM é muito explícito e ao Senhor Presidente da AM não lhe interessa citá-lo na totalidade, uma vez que a "solução Marco Aurélio", que é uma carta de fora do baralho, que coloca a Linha 3 na Rua Lopes de Mendonça, não foi objecto de "explicação técnica fundamentada à população...." e isto como é evidente compromete o Senhor José Manuel Maia Nunes de Almeida, Presidente da Assembleia Municipal de Almada.

Repare-se igualmente no conteúdo do último parágrafo do ponto 3 desta carta do Senhor Presidente. Como o Senhor Presidente "outorga" plenos poderes ao Eng. Marco Aurélio, atropelando o Despacho da Secretária de Estado dos Transportes!

Nota: A correspondência e documentos aqui referidos estão divulgados neste blog.

7 comentários:

Ponto Verde disse...

A velha tática do despacho democrático, a culpa é sempre de outros...

residente disse...

De vez em quando o Presidente da Assembleia Municipal convence-se e entende que aquilo que diz faz jurisprudência.

Anónimo disse...

Só num país como este é possível acontecer uma situação destas.

Parece a lei do farwest onde o mais forte mata sempre o mais fraco.

De lamentar que a oposição deste concelho não faça o seu trabalho...

NoExit disse...

Curiosa a posição do PS (ou do "blogger" do PS Almada) face a esta questão do MST.
A visitar:

http://psalmada.blogs.sapo.pt/

Afinal parece que o PS sempre defendeu a solução "Marco Aurélio". A carta colocada nas caixas de correio da Rua Lopes de Mendonça felicitando os moradores pela não passagem do metro na rua deve ter sido uma miragem neste deserto que é a margem sul.

ALMADENSE disse...

O presidente da assembleia municipal é bom educador do povo e um admirável tribuno. Lamentável a Assembleia da República não contar com ele entre seus pares.O país estaria mais democratizado com certeza, à sua maneira.

Anónimo disse...

Cá para mim - ainda que duvide da honestidade intelectual do autor deste blog, que se dá ao luxo de publicar cartas dirigidas em termos pessoais pelo Presidente da Assembleia Municipal de Almada a terceiros! - acho muitíssimo bem que o residente (ou devo dizer senhor Eurico Marques?) aqui publique o texto que o Presidente da Assembleia Municipal dirigiu ao Sr. António Calado Correia! Muito bem, mesmo.

Porque é um texto esclarecedor, que coloca as coisas nos seus devidos lugares, e que nos esclarece, a todos, sobre as verdadeiras intenções e motivações do autor deste blog.

Você, sr. residente (ou Sr. Eurico Marques?) é obviamente livre de exprimir a sua opinião pelas vias que entender, como e sempre que entender. Foi para isso que tantos lutaram pela liberdade que felizmente conquistámos neste país (parece que alguns, agora, e ainda para mais à partida "insuspeitíssimos" porque representantes de um partido democrático - exactamente, o seu, ou pelo menos aquele pelo qual se candidatou e foi eleito, ainda que como muito bem diz o Presidente da Assembleia Municipal, muito depressa o sr. tenha mandado às "malvas" o voto dos cidadãos que o elegeram, e falo naturalmente do Partido Socialista!), tudo estejam a fazer para cercear, condicionar, reduzir essa liberdade que tanto nos custou a conquistar.

Agora, sr. residente (ou deverei continuar a dizer Sr. Eurico Marques?), o que a liberdade também exige é honestidade, intelectual e outra. Que o sr. não tem, não revela ter. Repare, é que o sr. nem sequer publica uma carta que lhe é dirigida a si! Não, publica uma carta dirigida a terceiros! É feio, mas como disse é muito útil. Continue assim. Ah, e já agora, continue com o tal despacho da SET, já que não tem nada mais onde se agarrar ...

residente disse...

"paroles...paroles" como dizem os franceses.
Mas com estas palavras deste último anónimo, os moradores da Ramalha ou da R. Lopes de Mendonça, mais presciamente, não se incomodam, nem se intimidam. Sabem o que estão a defender e do que falam.
Suposições? Deste anónimo? São iguais a tantas outras a que os correligionários da CMA já nos habituaram.
Estamoos imunizados.
Aqui divulgamos tudo o que sabemos e temos.
Aconselhamos este respeitável anónimo a ler "posts" recentes ou todo este blog e talvez deixe de ignorar muitas coisas.
Convém-lhe ignorar? O problema é do sr ou srª!
Nós moradores continuaremos com muita calma e serenidade a defender aquilo que achamos defender porque somos cidadãos e defendemos a nossa qualidade de vida e, sabemos respeitar as regras do jogo que o Sr. Presidente da AM, no caso do MST para a Ramalha, dizia, percebeu "dizia" defender em 10 de MARÇO de 2004.
Sr ou Srª anónimo(a), em nada nos belisca!
Agradecemos a sua gentil participação neste blog e...volte sempre,porque apreciamos a sua participação.