quinta-feira, abril 10, 2008

São mais a mentir

Desde que a presidente da Câmara Municipal de Almada decidiu vingar-se dos moradores da Ramalha por terem proposto um traçado alternativo para o MST no designado Triângulo da Ramalha e as obras se iniciaram, os residentes locais têm sido sacrificados em consequência do autismo, da arrogância e do obscurantismo da senhora.
As obras no local foram iniciadas já no ano passado, mas uma informação "especial" distribuída em Janeiro deste ano informava a população que as mesmas durariam 2 meses.
A Declaração de Impacte Ambiental para o projecto ( ? ) inicial, antes da proposta de alteração ao traçado apresentada pelos moradores ( que a presidente da Câmara recusou), considerava a zona muito crìtica para obras e recomendava que as mesmas se realizassem no mais curto espaço de tempo e com muito cuidado.
clique sobre as imagens para aumentar
Estamos a atingir os três meses e todo o acesso pedestre e de veículos continua seriamente condicionado na zona, agravando a vida e custos diários a moradores.
A Rua José justino Lopes desapareceu para dar lugar a um Vale Ferroviário por vontade da presidente da Câmara, coadjuvada por alguns acólitos que se disponibilizaram a ajoelhar-se aos pés da "veneranda" senhora, dita comunista.
O acesso a garagens está prejudicado ou impedido, continuando os proprietários obrigados a pagar o IMI (Imposto Municipal sobre Imóveis).
A exploração dos cidadãos para o banquete da Câmara segue em frente, sem que os almadenses vislumbrem benefícios com este metro da desgraça da cidade que está a arruinar toda a actividade económica em Almada Centro e não só.
Imagem do acesso a garagens na Ex-Rua José Justino Lopes, na Ramalha, em Dezembro 2007- Janeiro de 2008

Presentemente moradores da Ex-Rua José Justino Lopes, actual Vale Ferroviário José Justino Lopes, continuam impedidos de aceder às suas garagens apesar de lhes terem dito em 16 de Janeiro de 2008 que a intervenção para obras na zona era por prazo de dois meses, conforme folheto acima reproduzido.

Também estes ( MTS, a Concessionária) mentiram aos almadenses. Dirão agora que a culpa é dos empreiteiros, porque a sua inocência é santa como a "água benta" ou que foi devido aos moradores por exigirem a colocação da manta antibibrática por debaixo dos carris. A CMA religiosamente colabora.

Já vamos em três meses e os moradores continuam penalizados pela birrinha e falta de senso da presidente da CMA ao impor a linha 3 nestas ruas da Ramalha.

O Jornal da Região na edição de 8 - 14.04.2008, dá informação da queixa de uma residente.

clique sobre o doc. para aumentar e ler

Almada está a extinguir-se. "Almada está a arder" e os residentes a sofrer.

Quando será possível recuperar Almada?

23 comentários:

Anónimo disse...

A casa (obra) já começou a via abaixo.

Anónimo disse...

Acordem almadenses,amanhã é tarde!

Anónimo disse...

ACORDEM,NÃO! ACORDEMOS!...

morador disse...

A tortura aos moradores da RLM continua.
Ontem tivemos um autentico terramoto quando o cilindro trabalhava na zona na faixa que se destina às linhas.
Como vai ser quando for na faixa para carros que é a 1 metro dos prédios?

Anónimo disse...

Quando das acções de consolidação dos terrenos destinados ao assentamento das vias ferroviaria e rodoviária (feitos de forma intenssiva por vibração, para não dizer à bruta...)resultarem danos nas infraestruturas colectivas dos edifícios ou em qualquer das suas fracções, quem assume as responsabilidades?


Efectivamente, as infraestruturas colectivas dos edifícios, ou de cada uma das fracções, destinadas a assegurarem o fornecimento dos diversos serviços, nomeadamente as canalizações de água, de esgotos domésticos, de águas pluviais, de gás e de electricidade não foram concebidas para resistirem a ambientes sujeitos a vibrações, logo estão a sofrer maus tratos graves (vibrações intensivas...).

As inspecções "PREVENTIVAS" feitas aos edifícios e às suas fracções não passaram de uma farsa...

Agora que as obras selvagens estão a decorrer (selvagens, porque contrariam o DESPACHO DA SECRETÀRIA DE ESTADO), assumam pelos menos os danos que as vibrações já estão a causar a alguns moradores...

Será que o levantamento fotogáfico dos edifícios e de algumas das suas fracções foram só para fazerem de conta de modo a verificarem que os mesmos não viriam a "ruir" como pode acontecer com a Capapela do S. João da Ramalha...

(A CMA até ficaria agradecida, pois assim já podia oferecer uma capela nova à Fundação do Padre Ricardo Gameiro...)

Os diversos "sistemas circulatórios" dos edifícios adoecem com as vibracções e destas vibrações podem resultar "acidentes cardiovasculares graves" para os mesmos edifícios...

Consequências?

Uma canalização de gás pode romper...

Uma canalização de água também, rompe...

Uma canalização também se pode desligar...


Para exemplo mau já chegou o caso de Setúbal...

Anónimo disse...

Este ultimo anonimo demonstra ser simultaneamente ignorante, difamador e irresponsavel.
Ignorante porque fala do que não sabe, é obvio que as redes enterradas são proprias para resistir ás compactações de terrenos. essas compactações devem ser bem feitas como estão aparentemente a ser para evitar futuras irregularidades e nos pavimentos.
Difamador porque faze juizos com base em processos de intenção que ela proprio inventa como é o caso da Capela a da fundação.
Irresponsável porque pretende lançar a confusão em quem sabe tanto destas coisas como ele e colocar as pessoas preocupadas e inseguras somente com o objectivo da prossecução dos seus designios politicos pessoais mais ou menos ocultos.
Ou seja ao comportar-se desta forma este nosso concidadão age como um verdadeiro GAROTO.

Anónimo disse...

Está preocupado anónimo com o que foi dito?

Os almadenses e os moradores também estão.

~Com tantos sábios na autarquia e tanta sapiência de seus apoiantes, consultores ou conselheiros, pergunta-se:

1. por que está Almada tão degradada e maltratada pela CMA?

2. Se as infra-estruturas existentes no solo não precisavam de ser substituídas porque se desperdiça milhões de euros nesse trabalho?

3. Havendo zonas mais antigas de Almada com infra-estruturas mais velhas porque não se gastou aí o dinheiro na sua renovação?

4. quando chegará às zonas mais antigas o futuro com o metro da Câmara para se substituir as infra-estruturas?

5. Já agora, por que escondeu a Maria Emilia o busto de Alberto Araújo?
Responda se souber.

morador LM disse...

Os moradores da Ex-LMendonça, esperavam que a vibração dos edifícios por motivo das obras tivessem acabado, mas para sua surpresa, ontem tiveram mais um prova de cilindro termidor na sua ex-rua.
Mais uns estragos causados nas estruturas dos prédios.

mb disse...

E hoje de manhã as vibraçoes continuaram.

Anónimo disse...

o anónimo de April 15 2008 3:27 PM
saberá a razão pela qual em sua casa tem lampadas de iluminação por rosca e nos navios essas lampadas são de encaixe-baioneta?
Saberá por que razão a estrutura das asas de uma aeronave é flexível e não rígida?
Saberá por que a estrutura de uma ponte tem alguma fexibilidade?
As canalizaçoes dos prédios, metidas no interior das paredes, por serem rígidas estão mais sujeitas a problemas por vibrações.
A sua cegueira em proteger "a amada" e a CMA levou-o a ser precipitado no seu comentário.

Anónimo disse...

Ao anónimo de 16 de Abril das 2.04 PM devo responder em seguimento ao que eu próprio tinha escrito no dia 15 pelas 3.27 que a sua ignorância é confrangedora.
O Sr.insiste no disparate, nem se dando conta na enormidade da sua ignorância.
Porque já vi que não será possivel por limitações que lhe são intrinsecas entender por mais que eu tente chegar ao seu nivel de conhecimentos, irei apenas acrescentar algo que estou certo será esclarecedor para qualquer cidadão que nos leia e que tenha uma inteligencia mediana, o que não é o seu caso.

Então é assim:

O RGEU - Regulamento Geral de Edificações Urbanas , que é o regulamento que estabelece os critérios de dimensionamento de edificios em termos de Arquitectura, estrutura e redes prediais de instalações técnicas obriga os edificios a ser projectados de acordo com critérios de segurança os quais são verificados pelas entidades licenciadoras ( Camaras Municipais) como condição prévia para a emissão dos Alvarás de licença de construção.( Vulgo licença de obra)

NO RGEU, ENTRE OUTRAS COISAS OBRIGAM-SE OS EDIFICIOS A ESTAR CALCULADOS PARA O COMPORTAMENTO SISMICO.

Pois é caro concidadão este pais tem regras,regulamentos, leis , etc etc. Isto não é propriamente uma republica das bananas como a sua ignorância pode fazer supor.
Como vê há muita coisa que desconhece. O.K sabe dessas coisas da baioneta e das asas do avião, que até são giras, mas essas até as pode ter aprendido em conversa de cadeira de barbeiro.
Passe muito bem seu GAROTO.

J.M.Melo disse...

Não poderá uma canalização de gás apresentar rotura após abalo sismico mantendo-se o prédio incólume?

Anónimo disse...

GAROTO?
Sabe o anómino das 4h:34m que há garotos INTELIGENTES?
Infelizmente, parece que o anónimo não estará neste grupo.
Se estivesse pensaria como a anónimo anterior...
Então é tão ingénuo que acredita que as nossas construções resistem a sismos sem quaisquer danos?
Que acontece às canalizações de água, de gaz, etc?
Porque, depois dos terramotos, vêm os incêndios?
Caro anónimo, chamar-lhe garoto, seria ofensa, e as chamadas de atenção para os irresponsáveis que têm conduzido estes trabalhos, não pretendem ofender ninguém.
Apenas lhe chamarei INGÉNUO...
Os factos falam por si, e os malefícios das vibrações (pequenos sismos artificiais, embora mais longos...) já fizeram estragos.
A quem serve escondê-los?
Aos (i)responsáveis políticos,não beliscando assim a sua imagem, ou aos (i)responsáveis pela execução da obra que assim se eximem ao pagamento das indispensáveis reparações?

Anónimo disse...

Agora temos os especialistas cá da rua, os tais que sabem das lampadas de baioneta, a alertar para os riscos de incêndio nos predios devido á execução da obra do metro.
Cuidem-se vizinhos e estejam munidos de extintor quando o cilindro se aproximar do vosso prédio.
Não sejam ingénuos o homem da lampada de baioneta diz que pode acontecer. Ele lá sabe.
Se não servir para apagar qualquer fogo, pode pelo menos ser útil para dar na cabeça dos imbecis que aqui escrevem estes disparates.
Já chega. Estes cretinos nem sequer têm a noção do ridiculo.

Anónimo disse...

O Sr. Eurico já tinha escrito que "Almada está a arder". Na altura não entendi até porque ele começava por escrever que se estava a extinguir.
Eu pensei que fosse mais uma manifestação do seu débil intelecto, mas agora já entendi.
Este nosso vizinho é mesmo brilhante . Almada está de facto a arder ou vai arder e tudo tem a ver com as vibrações do cilindro segundo ele.
Para mim ele está a prever tudo tudo muito bem:
-Vem o cilindro
-Começa a vibrar
-Os predios aguentam ( embora com rachas)
-Mas os tubos não...
-O tubo do gás rebenta porque não aguenta a vibração do cilindro
-A seguir rebenta a electricidade e dá-se a explosão.
-Segue-se o incêndio
-Quando rebenta o tubo da agua já não consegue apagar o incêndio provocado pelos autarcas corruptos.
-O Eurico ainda vem para a rua em cuecas e grita que o metro devia ter passado pela rua do vizinho em vez de ser na dele.
-Mas já não há nada a fazer.
- O Eurico só conseguiu salvar o computador.
- Ainda hoje anos volvidos, quem o quiser ver, é só ir junto dos destroços fumegantes da Ex Rua Lopes de Mendonça e vê-lo ali sentado sobre uma pedra inacabada da Via Canal a escrever no seu blogg sobre a destruição de Almada perpretada pela Maria Emilia.
Tenham uma Boa Noite e Divirtam-se

Anónimo disse...

Já regressaram de férias ou anteciparam o regresso para correrem em defesa do MST deles, quem antes andava neste blog com atitudes e escritas provocatórias.
Sentiram-se chamuscados.

Anónimo disse...

"Pois é caro concidadão este pais tem regras,regulamentos, leis , etc etc."

disse o iluminado anónimo das 4:34,(não sabemos se político local, se nacional...)

Por isso escreveu "pais" quando deveria ter escrito PAÍS... fica bem patente a importância que dá ao pequeno rectângulo à beira mar plantado... o seu e nosso querido PAÍS, PORTUGAL.

BEM PREGA FREI TOMÁS (THOMAZ),

Se tivesse regras, regulamentos e leis, cumpriam-se os Despachos dos governantes e não a "vontade" dos caciques do poder autárquico local...

Como os Despachos não se cumprem, efectivamente, como disse o já referido anónimo, estamos numa real e efectiva REPÚBLICA DE BANANAS...

Em democracia as decisões são tomadas com transparência, não no escuro dos gabinetes, não cumprindo os compromissos assumidos publicamente e apunhalando pelas costas os incautos cidadãos...

Onde está o "Despacho" que fixou o traçado do Comboio pela Rua Lopes de Mendonça e de José Justino Lopes? Melhor dizendo, quem, como e quando foi revogado o Despacho da Secretária de Estado dos Transportes? Ninguém conhece tal documento...

Ainda há Tribunais neste PAÍS?

Aqui, em Almada, não há donos de nada... há apenas alguns autarcas que se comportam como verdadeiros "manageiros" dos actuais "agrários" do capital... figuras e designações que tanto abominavam no antigamente. Agora são piores...

Como diz o povo, nunca peças a quem pediu e nunca sirvas a quem serviu...

Os que dizem ter servido no antigamente são agora aqueles que se arvoram em representantes de Almada, os que representam o verdadeiro caciquismo do poder local do "posso, quero e mando"!

Anónimo disse...

O Sr. Eurico já tinha escrito que "Almada está a arder". Na altura não entendi até porque ele começava por escrever que se estava a extinguir.
Eu pensei que fosse mais uma manifestação do seu débil intelecto, mas agora já entendi.
Este nosso vizinho é mesmo brilhante . Almada está de facto a arder ou vai arder e tudo tem a ver com as vibrações do cilindro segundo ele.
Para mim ele está a prever tudo tudo muito bem:
-Vem o cilindro
-Começa a vibrar
-Os predios aguentam ( embora com rachas)
-Mas os tubos não...
-O tubo do gás rebenta porque não aguenta a vibração do cilindro
-A seguir rebenta a electricidade e dá-se a explosão.
-Segue-se o incêndio
-Quando rebenta o tubo da agua já não consegue apagar o incêndio provocado pelos autarcas corruptos.
-O Eurico ainda vem para a rua em cuecas e grita que o metro devia ter passado pela rua do vizinho em vez de ser na dele.
-Mas já não há nada a fazer.
- O Eurico só conseguiu salvar o computador.
- Ainda hoje anos volvidos, quem o quiser ver, é só ir junto dos destroços fumegantes da Ex Rua Lopes de Mendonça e vê-lo ali sentado sobre uma pedra inacabada da Via Canal a escrever no seu blogg sobre a destruição de Almada perpretada pela Maria Emilia.
Tenham uma Boa Noite e Divirtam-se

Anónimo disse...

Eu cá por mim acho que o cilindro,.... desculpem, o metro deve passar mesmo é pela Rua do eurico porque assim a gente diverte-se á brava com a estupidez dele.
Alguem perguntava insistentemente ao eurico o que é que o movia. Ele nunca respondeu. Mas eu sei e posso dizer-vos.
O que ele queria era que o cilindro,..... desculpem o metro passasse na Rua dos vizinhos em vez de ser na dele.
Esperto o tipo não é ?

Anónimo disse...

Mas afinal o cilindro faz arder os prédios como diz o Sr. Eurico ou não ?
Esclarecam lá que nós somos ingénuos.

Anónimo disse...

Eu não acredito.
Eu até achava que esse Sr. que até foi eleito para a Junta de Freguesia era uma pessoa séria.
Mas agora ele vem dizer que o cilindro vai fazer os predios pegar fogo?
Não é este senhor que fala de desonestindade intelectual ?
Então e isto é o que ? Honestidade piromana ?

Anónimo disse...

Efectivamente os reaças já vieram de férias e estão agora em provocações constantes, repetidas e, como não poderia deixar de ser, ocas de conteúdo (tal como as suas cabeças)...

Tenham calma...

Como diz o povo:
VOZES DE BURRO NÃO CHEGAM AO CÉU,

ou como disse o velho Almirante:
É SÓ FUMAÇA...

A verdade é como o azeite, há-de vir acima, e a história encarregar-se-á de vos fazer justiça.

Nunca vos perdoará...

Anónimo disse...

A revisalhada está toda no activo.
Mas como eles não sabem mais, é deixá-los andar até receberem novas instruções, porque a lenga-lenga é sempre a mesma.
Segundo os manuais devem ir tentando dizer umas coisitas novas , ou com mais interesse.
Vá lá não desistam.
Não vão , telefonem ao chefe.