quinta-feira, outubro 18, 2007

E Agora Senhor Deputado?

Lembra-se o Senhor Deputado Luís Filipe Rodrigues, do Partido Social Democrata, da Assembleia do Cidadão organizada pela JSD – Temática MST- realizada no dia 12 de Julho de 2007 pelas 21 horas, nos Bombeiros Voluntários de Cacilhas, onde o Senhor esteve presente?
Lembra-se Senhor Deputado do que disse aos moradores da Ramalha aí presentes? Lembra-se Senhor Deputado que se disponibilizou para no dia 16 de Julho de 2007 se deslocar à zona da Ramalha e, se encontrar com os moradores para avaliar as obras do MST (Metro Sul do Tejo) aí em curso? Lembra-se Senhor Deputado que o Sr. convocou órgãos de comunicação social para o acompanhar? Lembra-se que moradores da zona também estiveram presentes e ouviram o que o Sr. disse? Lembra-se o Senhor Deputado daquilo que lhes disse sobre as obras em curso? Lembra-se Senhor Deputado que o Sr. disse que iria pedir audiências à Senhora Presidente da Câmara Municipal de Almada e à Senhora Secretária de Estado dos Transportes para saber porque o Despacho 06.07/05SET de 22JUL2005 da Secretária de Estado dos Transportes que alterava o traçado do MST no Triângulo da Ramalha, não estava a ser cumprido?
Pois é Senhor Deputado... - a comunicação social deu a conhecer aos portugueses, aos almadenses e aos residentes da Ramalha, aquilo que o Sr. disse; - residentes houve que alteraram as suas rotinas laborais para estarem presentes e o ouvirem; - alguns almadenses e residentes acreditaram nas suas palavras... ....mas o Senhor Deputado esqueceu tudo isto, e mais grave, não honrou seu compromisso como eleito, porque até à data não deu qualquer resposta aos moradores e as obras prosseguem contrariando o referido Despacho. Como quererá o Senhor Deputado que a população acredite nos eleitos? Como quer V. Exª que os moradores locais acreditem no Senhor? Como quer V. Exª honrar o Partido a que pertence, quando não honra seus compromissos nem informa os eleitores como prometeu?
Será que político é assim mesmo? Será que o Senhor passou a alinhar ao lado dos que não quiseram cumprir o referido Despacho? Acha isso legal ou passou a achar? Gostávamos de saber e porquê.
Valerá a pena continuar a acreditar nos partidos políticos e nos seus eleitos, mais interessados em shows para a comunicação social do que honrar seus compromissos com os eleitores?

10 comentários:

Anónimo disse...

Este Deputado sempre se reunio com a Secretária de Estado ou com a Presidente da CMA?
Se não porque pelo menos diga aos moradores oa razão.

farto de demagogia disse...

O senhor deputado Luís Rodrigues fala muito mas fica-se por aí.
Foi o mesmo que aconteceu quando este mesmo senhor deputado prometeu apresentar na Assembleia da República uma proposta para fazer alterações na A2, no sentido de tornar aquela via mais adequada.
Mentiu.
E agora, repete a dose.
É demagogo, vaidoso e gosta de aparecer na TV, assim como de se fazer ler.

Dito isto, que mais dizer de quem não cumpre as promessas que faz?

É hora de julgar quem não interessa ao País e a qualquer região.

Obrigado, senhor deputado Luís Rodrigues, pelo seu mau empenho na defesa de quem merecia e precisava de ser ajudado.

Ou outros valores mais altos se levantaram?

Joao Soares disse...

Li atentamente as vossas missivas, que considero justas e lamentavelmente os políticos regem-se por interesses que ao cidadão escapa....
Este diálogo de surdos entre representantes do Estado e os cidadãos inquina e maltrata a democracia.

Papoila disse...

Não se percebe depois da visita efectuada pelo deputado, que agora não responda aos moradores, não os informe sobre o resultado das suas deligências efectuadas.

residente disse...

farto de demagogia
A questão coloca-se porque o deputado prometeu publicamente que iria saber o que se passava. Indignou-se por o Despacho não estar a ser cumprido...mas na verdade deixou cair a sua indignação da maneira mais infeliz: voltou costas aos moradores da Ramalha e ao público que leu as suas declarações.Nunca mais o ouvimos falar do assunto que o levou à Ramalha no dia 16 de Julho de 2007.
Assim perdeu a confiança de eleitores. Ficámos a saber...mais sobre jogadas de políticos.

residente disse...

anónimo
O deputado nem sequer nos disse se chegou a reunir com alguém!

residente disse...

joão soares
Infelizmente há políticos que inquinam a democracia de tal maneira, que levam os cidadãos a olhá-los com desconfiança.
Desacreditam a democracia e servem-se desta para atingir seus objectivos pessoais.

residente disse...

Papoila
Diligências disse que faria, mas não disse onde paravam, nem como paravam.
Acreditámos no que o senhor disse mas temos de concluir, perante o seu silêncio,que fomos enganados.

farto de demagogia disse...

O senhor deputado em causa neste post sempre pautou a sua actuação pelo grande aparato verbal.
Se as coisas lhe correm de feição, veste o seu melhor fato e lá vem, mostrar-se ao povo.
Se fôr ao contrário, faz como a avestruz.

Anónimo disse...

Convirá aqui recordar que o Sr. Deputado, para além da sua opinião como político, até deu a sua opinião técnica sobre a Solução 5, a dos moradores.
Desta feita a sua opinião foi a de um ENGENHEIRO CIVIL, daqueles engenheiros que estão mesmo incritos na ORDEM dos ENGENHEIROS, tal como o Sr. Ministro das Obras Públicas, percebem?
E a sua opinião foi no sentido de confirmar que a solução proposta pelos moradores, para além de ser a mais sensata, era de fácil exequibilidade, a mais económica, a que menos prejuízos causava (aos moradores e ao erário público) etc, etc,...
Hoje diremos nós, os moradores que acompanharam o Sr. Deputado na sua "empenhada" visita, a sua conversa não passou de blá, blá, blá, ou estaremos enganados?
Se tem alguma vergonha, informe-nos dos resultados das suas diligências, se é que tomou algumas...