quinta-feira, março 19, 2009

Resposta da IGAOT sobre Ruído provocado pelo MST

Inserimos a carta/resposta da Inspecção Geral do Ambiente e do Ordenamento do Território, recebida em 11MARÇO2009 pelos subscritores da exposição dirigida, em 10 de Janeiro de 2009 (divulgada neste blog), àquele organismo governamental, sobre a degradação ambiental provocada pela circulação do eléctrico-comboio MST.
Como se pode verificar na primeira página, este documento tem duas datas 14 de Janeiro de 2009 e 06MAR2009.
Na terceira página tem no final o que supomos ser outra data EA/EA - 09/02/20
clik nos doc. para aumentar e ler
Pág 1 e 2
Pág. 3
Como aqui referimos, em 12 de Fevereiro 2009 foram feitas medições do ruído provocado pela circulação do eléctrico-comboio MST na zona da Av. Bento Gonçalves, mas nem tal data nem resultados dessas medições aqui são mencionadas.
Naquela data, foi dito a moradores que a concessionária tinha sido avisada que se iria proceder à medição do ruído provocado pela circulação das composições.
Por isso, naquele dia os comboios estavam a circular mais devagar, fazendo menos ruído, naturalmente...

2 comentários:

Anónimo disse...

SERÁ QUE OS CIDADÃOS NÃO TÊM O DIREITO DE ANALISAREM O RELATÓRIO ELABORADO PELO ISQ -INSTITUTO DE SOLDADURA E QUALIDADE?

NÃO LHES FOI FACULTADA UMA CÓPIA DO RELATÓRIO DE INSPECÇÃO N.º 77/2009 PORQUÊ?

PORQUE TEIMAM OS POLÍTICOS EM TIRAR AS CONCLUSÕES QUE EVENTUALMENTE MAIS LHES INTERESSAM?

PORQUE SERÁ QUE PARTEM SEMPRE DO PRINCÍPIO QUE OS CIDADÃOS NÃO SÃO ENTENDIDOS EM "TÃO COMPLEXAS" MATÉRIAS E ASSUNTOS?

SE TIVESSEM LEVADO EM CONTA AS OPINIÕES (DOCUMENTADAS PELOS MORADORES E CONFIRMADAS PELO ESTADO) OS AUTARCAS DE ALMADA NÃO TERIAM COMETIDO MUITAS DAS BARBARIDADES QUE HOJE ESTÃO À VISTA DE TODOS...

NÃO É VERDADE QUE O CIDADÃO TEM LIVRE ACESSO AOS DOCUMENTOS DA ADMINISTRAÇÃO?

Anónimo disse...

http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1183040