quarta-feira, novembro 26, 2008

APANHADOS - Visita de marcianos à Ramalha

Do blog http://inflorescencias.blogspot.com transcrevemos este texto que a autora designou "Encontros imediatos do terceiro grau"
Os extraterrestres foram encontrados na ex-Rua José Justino Lopes, na Ramalha, Almada, atraídos surpreendentemente pelo "cheiro" da exemplar requalificação urbana, obra que a Presidente da Câmara aprovou para o local.
a ex-rua José Justino Lopes
"Saí da porta do prédio e dirigi-me em passos largos ao pequeno grupo de engravatados e coletes fluorescentes que discutia calmamente, uns com papéis na mão, outros com câmaras fotográficas, outros ainda com as mãos atrás das costas ou nos bolsos das calças.

- Bom dia! – cumprimentei olhando directamente um a um e parando na única pessoa do grupo que conheço, um jovem engenheiro cujo poiso foi o contentor existente no largo do antigo tribunal judicial de Almada, hoje de menores e do trabalho.
Bom dia! – responderam-me quase em uníssono – Como está? – acrescentou o tal jovem engenheiro.
- Podia estar melhor, obrigada, - respondi-lhe com um sorriso e virei-me de novo para os “outros”, já com a minha cara número 31 – Vim aqui porque vejo alguns trabalhadores a pintar aquele muro – referia-me ao muro frente à porta que o número 13 da José Justino Lopes tinha ganho com as obras – e gostaria de saber quem e quando é que vão pintar estes dois que as obras escavacaram, rebocaram e deixaram como os senhores vêem. – agora referia-me aos muros existentes no número 8 da mesma rua – Nós pintámos o prédio em 2004 e quando as obras começaram eles estavam como deviam de ser pelo que não vamos fazer coisa alguma porque a responsabilidade não é nossa.
O desconforto dos presentes foi visível no arrastar de pés e alguns chegaram mesmo a descobrir um forte interesse na biqueira dos seus sapatos.
- Bem, nós estamos aqui, precisamente…
- E os senhores são quem?... – atalhei.
- Nós somos da câmara, - e fez um gesto largo com a mão abarcando quase todo o grupo – este senhor é representante do Estado e estamos aqui para ver as não conformidades da obra.
Um outro, mais velho, adiantou-se:
- É mesmo a este – e indicou o jovem engenheiro, representante do Estado – que deve chatear! – e todos riram como se a piada fosse evidente.
- Este senhor já eu conheço, - disse – porque estou farta de o “chatear”. Aliás, este senhor, o colega e o engenheiro Luís Antunes têm sido os únicos a ouvirem-nos sempre e a resolver todos os problemas que lhes apresentámos, já à Câmara e Junta de Freguesia tenho enviado e-mails atrás de e-mails e nem acusam a recepção dos mesmos pelo que já sei com quem estou a falar.
O riso calou-se e uma das poucas senhoras presentes fez cara de quem comeu algo e não gostou. O engravatado-mor pigarreou, deu uma volta nas mãos aos papéis e prosseguiu:
- Pois… eh… nós estamos aqui a tomar nota destes casos para os resolver, só não sei dizer-lhe quando mas certamente que os muros serão pintados.
- O costume, quer o senhor dizer?! – ele ia dizer qualquer coisa mas eu não deixei e compus a minha cara número 72 – Espero que o problema se resolva agora que o apontei a quem de direito e dei a cara porque, repito, nós nada vamos fazer e estaremos atentos. Bom dia! – olhei com um sorriso o jovem engenheiro, que mo retribuiu, e voltei costas retrocedendo nos passos. Já dentro do prédio olhei de novo o grupo e percebi as trocas de olhares entre o pessoal da Câmara e algum azedume no rosto do engravatado-mor. E eu muito preocupada!" by GMaciel

6 comentários:

Anónimo disse...

Pelas atitudes e vazio que demonstraram, penso que eram fantoches ao serviço de alguém.

moradora canal ferroviario LM disse...

ACUDAM!...PRECISO DORMIR!
Começaram a circular os comboios na RLM!...E o INFERNO começou.
Quando passa um comboio é muito mau. Mas acontece que estam a passar dois comboios em simultaneo (um em cada sentido)com alguma frequencia e até buzinam quando passam um pelo outro em total desrespeito pelos moradores.

Anónimo disse...

O Inferno chegou á ex RLM ex RJL e Capela S.João da Ramalha


Se alguém tinha duvidas que a ex RLM e ex RJL ia ser um inferno com os comboios em circulação, a prova está agora a vista de todos ....

Um autentico canal ferroviário, pior ainda dada a frequencia com que os comboios passsam ....

Ninguém consegue descansar ...

morador ex RLM

morador ex-rua JJLopes disse...

O estafermo do comboio da sonhadora delirante Emília anda a perturbar demais a mobilidade aos almadenses e o sono aos moradores do eixo central e da Ramalha, o que é mau para o futuro.

Anónimo disse...

Não se queixem tanto, e ponham pancartas nas janelas aprotestar.

pedestre disse...

Embora a procissão ainada vá no adro nem com a benção do Padre Ricardo por ter o comboio à porta da capela, as caruagens não passam de 6 passageiros em média.
Muita mosca para tamanho comboio na linha da universidade.