sábado, maio 03, 2008

Activada a Moderação de Comentários

ex-Rua José Justino Lopes
ex-rua Lopes de Mendonça e ao fundo parte da ex-rua José Justino Lopes
Nos últimos meses, talvez porque moradores da zona da Ramalha não desistiram de denunciar as trapalhadas e mentiras que envolvem o traçado do Metro Sul do Tejo no local, embora a obra já esteja em curso nas ex-ruas José Justino Lopes e Lopes de Mendonça ( sem que qualquer explicação ou justificação lógica e compreensível, conforme prometido pela Assembleia Municipal e CMA, tenha sido dada aos moradores), começaram a aparecer por aqui elementos ou só um, a tentar desmotivá-los com comentários agressivos, provocadores e despropositados.
Chegaram a intitularem-se moradores, sem nunca terem tido a coragem de se identificarem. Para lá das agressões verbais e insultos anteriores (já conhecidos das sessões do Fórum dito de Participação MST, proferidos por elementos afectos à CMA e sua presidente), os dois comentários (eram os últimos quando este texto foi redigido) deixados no anterior post em Maio 02, 2008 11:24 PM e Maio 03, 2008 12:32 AM, onde podem ser lidos, ofendem gravemente os moradores locais, almadenses e a população do concelho que não partilha da opinião da CMA e sua presidente, sobre este traçado do MST e sua inserção, quer na Ramalha quer na cidade.
Em consequência do teor desses dois comentários, a partir desta data todos os comentários, aqui feitos, identificados ou anónimos, ficarão sujeitos à aprovação do administrador do blog. Não é uma decisão que estivesse nos nossos planos ou intenções, mas a grande falta de senso demonstrada por alguém, que não honra Almada nem a dignidade da Câmara que diz defender, levou-nos a tomar esta atitude.

27 comentários:

Anónimo disse...

Ora aqui está uma excelente decisão! A partir de agora é que vamos assistir por estes lados ao discurso único, bem ao estilo do antigamente. Finalmente cai a máscara! Já não era sem tempo!

Não encontro qualquer tipo de insulto nos comentários referidos pelo sr. Eurico. Nem sombra de insultos. Mas o sr. Eurico, democrata dos quatro costados, acha que sim. Porque reflectem um pensamneto diferente do dele. Só isso.

Este será o primeiro comentário a ser censurado pelo democrata do sr. Eurico, querem apostar?

Anónimo disse...

Agora é que vai ser bom!

Anónimo disse...

A trabalheira que o Eurico vai passar a ter a partir de agora! Escrever os comentários todos, mas além disso ter que censurar os outros todos (como este, eh, eh, eh)! Coitado do Eurico, não sabe no que se meteu, não sabe não!

Anónimo disse...

Oh Eurico, lembra-se dos famigerados inquéritos - que você chamava sondagens - com que alguém "rebentou" neste blog? Também este filtro (filtro não, verdadeira censura ao bom estilo salazarento) que você agora inventou tem saídas! Ah tem, tem!

Anónimo disse...

Muito bem! É assim mesmo! Apoiado! Os reles e ordináros defensores do traçado imposto pela CMA na nossa Ramalha não merecem mais do que isto! É assim mesmo! Vêm para aqui só insultar, não sabem fazer mais nada.

Anónimo disse...

Congratulamo-nos com o facto do autor do blogue reconhecer a inutilidade do mesmo e ter decido acabar com ele fazendo censura ao teor do que se escreve.

Anónimo disse...

Eurico esta é só para ti....
Agora é que provas o grande filho da puta que és.

Anónimo disse...

Congratulo-me com a decisão do autor do blogue em acabar com o mesmo. O facto de impor censura leva a que ninguem se dê ao trabalho de escrever seja o que fôr e daí levar ao fim do blogue.
De facto o que havia a dizer foi dito, teve a sua função até lúdica mas estava a revelar-se inútil porque desfazado do tempo.
O metro vai em breve ser uma realidade que a todos vai satisfazer. Estas guerrinhas politicas passam a fazer parte de um passado que ninguem terá interesse em manter artificialmente vivo.

Anónimo disse...

Concordo com a moderação dos comentários.
Pode ser entendido como censura mas não é.
Eu fiz o mesmo no meu blogue.
Assim, qualquer comentário terá de ficar sujeito ao controle, infelizmente necessário.

Lamento as moderações mas compreendo-as.

Anónimo disse...

Agora nem com "picadores", os anti-metro dão sinais de vida.
Acho que estão mesmo liquidados.

Anónimo disse...

Os comentários que refere e que o levou a esta atitude censória insultam gravemente algiuém, sr. Eurico? Qual é o seu conceito de insulto?

Anónimo disse...

Grande democrata, Eurico! Grande democrata!

Anónimo disse...

O Eurico agora dedica-se a esta palhaçada. Pobre diabo.

moradora da ex-RLM disse...

Há pessoas que não se respeitam a elas próprias. Como podem respeitar os outros?

Anónimo disse...

Só um comentário até agora? Está frquito, isto, desde que a "moderação" (censura!) apareceu por estas bandas. Só um comentáriozito a apoiar? Muito pouco, muito pouco mesmo ...

Anónimo disse...

Os meus parabéns ao autor do Blog pela decisão acertada que foi forçado a tomar.
Efectivamente, a avaliar pelo teor de alguns dos últimos comentários, os visitantes assíduos do blog já se sentiam como se estivessem a participar num dos muitos foruns ditos de participação do MST promovidos pela C.M.A. apresentando pontos de vista diferentes dos "instituídos" pelos autarcas no poder...
Aqui, como em qualquer lugar ou situação, ninguém gosta de ser maltratado por gente sem príncípios nem escrúpulos.
Por algum motivo a nossa democracia tem as fragilidades que tem.
O exercício da cidadania é um direito que não dá o direito de maltratar um qualquer cidadão a torto e a direito...
A discussão de ideias tem se ser livre.
De uma boa discussão sai sempre uma boa solução. Infelizmente, neste caso como em muitos outros, o poder autárquico, teve um comportamento autista. Não soube ouvir os cidadãos...
Os desastrosos resultados já estão à vista de todos.
Almada, como cidade, não tem ponta por onde se lhe pegue...
Está a definhar na sua vida própria (não tem indústria, não tem serviços, e agora não tem comércio), como qualquer território que confine com uma estrutura ferroviária...
Que futuro tem (teve) Lisboa quando, há muitos anos, lhe "amputaram" a zona ribeirinha com a construção da Linha Caminho de Ferro Lisboa / Cascais?
O futuro nunca mais chegou a esta zona da cidade...

Anónimo disse...

Eu não lamento as moderações. Quando se é mal educado, insultuoso, se chamam nomes às pessoas, reconheço que pode (e se calhar deve mesmo) ser introduzida alguma moderação.

O que eu lamento, e profundamente, é a censura! E o que aqui se trata não é de moderação, é mesmo de censura! Tudo aquilo que seja aqui escrito e que não seja do agrado do autor do blog (como isto que estou a escrever, por exemplo), mesmo que não contenha nenhum insulto mas apenas opiniões, aliás tão legítimas como outras quaisquer, passou a ser cortado objectivamente pelo autor do blog. A isto chama-se censura, nem mais! Assim é muito melhor, fica o autor do blog a falar sozinho! O que se demonstra pelo número de comentários que aqui estão ...

residente disse...

O administrador do blog há algum tempo, não teve dúvidas em eliminar um comentário que ofendia pejorativamente autarca que os moradores têm criticado e criticam pelas opções tomadas.

O fundamento da nossa decisão pela moderação está referido neste Post (são citados os dois comentários que desencadearam a decisão) do qual transcrevemos o último parágrafo:

"Não é uma decisão que estivesse nos nossos planos ou intenções, mas a grande falta de senso demonstrada por alguém, que não honra Almada nem a dignidade da Câmara que diz defender, levou-nos a tomar esta atitude."

Anónimo disse...

Até que enfim encontro companheiros do meu ideal politico, o ideal do doutor Salazar, que proibe que os outros calem e consintam..
Meus parabéns, assim é que é, corta-se o pio a esta gente que pensa que tem opinião..
Manda quem deve obedece quem pode..
Ainda há fascistas como deve ser em em Almada :D

Anónimo disse...

Esta é uma questão dificil.Deixar aos arruaceiros o direito de se expressarem, mesmo com ameaças explicitas, quer aos autores do blog, quer a outros?
Presumo que tenha sido uma decisão dificil de tomar, porque aqueles que nunca deixam ninguém falar, quando tomam o poder, vão começar a dizer aqui del-rei que não nos deixam falar.
É uma decisão que penso ,tenham ponderado bem nela.

Anónimo disse...

Anónimo das 3:06 PM
Como se prova, o seu comentário não foi censurado.
Creio que ninguém de bom senso gosta de censura mas há situações que a justificam.
Chamem-lhe moderação, censura, pastéis de bacalhau, tanto faz.
Se a postura de cada um fosse minimamente decente, embora indicando discordâncias, estou certo que o proprietário do blogue não teria tomado a atitude que tomou.
Isto digo eu a quem não foi passada nenhuma procuração.
Apenas vejo as coisas pelo lado correcto, na minha perspectiva.

Anónimo disse...

Enganou-se, sr. Eurico? Publicou um comentário que critica a sua atitude censória! Enganou-se seguramente...

Volto a dizer: os dois comentários que, segundo diz, desencadearam a sua atitude censória, nada têm de insultuoso. Apenas divergem de si nas opiniões. E isso não é insultuoso, é o exercício da democraci. Frágil ou não, é a democracia!

Anónimo disse...

Que o blogue morreu acho que já ninguem tem dúvidas.
A questão não é essa mas sim o porque ?
Bem o auto/administrador dirá que foi devido aos abusos de linguagem. Sem dúvida que existíram e são lamentáveis e deploráveis. Chegadas as coisas a este ponto não haveria muito mais a fazer.
Mas quais são as causas profundas.
O facto é que o blogue já estava morto de conteúda faz muito tempo ( 3 meses pelo menos) já que se repisavam argumentos e repetiam documentos sem nada de novo.
Lá fora todos viamos e vemos a obra avançar sem nada que a perturbe.
Este blogue para que ? Bom a saída era lógica. Para o manter vivo e participado só desvirtuando para a laracha e foi o que aconteceu e era previsivel.
Provavelmente deveria ter sido feito algo antes para que terminasse com mais gloria e dignidade.

Anónimo disse...

Pois é!...
O blog é um ponto de encontro onde se cruzam as opiniões, as ideias,onde se transmitem informações, onde se critica, onde se manifesta o protesto de alguma coisa que se ache mal, onde se defende os seus direitos (de cada um).
Não é local para ofender com epítetos soezes,com palavreado ofensivo como foi o caso de dois anónimos que se dirigiram aos moradores com nomes ofensivos inqualificáveis, o que levaram o autor do blog a dizer basta:
Eu também não tenho procuração do autor, mas cumpre-me, a bem do civismo,dizer que o autor tem todo o direito de assim proceder.
Por isso, penso que ele procedeu muito bem.

Assim como qualquer jornalista, que queira numa notícia ofender alguém, cabe ao responsável do jornal não permitir a publicação, sob pena de ser processado em tribunal.

Aqui não é o caso, visto que o que é dito, é feito anónimamente, por isso sem possibilidade de reconhecer o culpado.
Daí,infelizmente, ter que usar-se este processo.

Fossem as pessoas mais decentes...

Anónimo disse...

Para que todos saibam, o que o autor está a fazer é mesmo censura.
Sei de comentários construtivos e civilizadissimos que não são publicados e portanto censurados só porque não alinham pelas ideias desse Senhor.

Anónimo disse...

Deixa-te disso eurico tu és um merdas.

Anónimo disse...

Epítetos soezes é um insulto? Não é? Chamar soez a alguém não é insultar esse alguém? Como é que passou aqui?

Tnham que aparecer aqui os falsos moralistas (será insulto, falsos moralistas) para me vir com falinhas mansas (falinahs mansas, será insulto?) dizer que "vê, está a ver, o seu comentário não foi censurado". Como eu vos compreendo ... Aquele não foi, como convinha que algum não fosse exactamente para oa autor do blog parecer aquilo que, efectivamente, não é: um democrata (oops, será insulto?)!

E os outros 15 ou 20 que já deixei aqui? Algum foi publicado? Não!!!!!!!!!!

Quanto ao anónimo que diz que é contra a censura, mas que ela às vezes se justifica, digo-lhe duas coisas:

1. Salazar não dizia melhor. Também era contra a censura, só que às vezes ...

2. Em que é que os dois comentários que o autor do blog usa como escudo para justificar a sua atitude censória são insultuosos? Sim, objectivamente, em que é que os autores (um deles é meu) insultam quem quer que seja?

Por outro lado, o autor do blog, nos seus posts, nunca se coibiu de chamar ladrões, mentirosos, e outros epítetos do género a pessoas que exercem cargos públicos eleitos pelos seus concidadãos. Fê-lo repetidamente, sem qualquer pejo nisso. Vem agora com falsos moralismos porquê? Será que a verdade lhe dói? Será, como eu próprio previ há muito tempo, que o terreno lhe está a fugir debaixo dos pés, que está completamente isolado, e esta é a sua fuga para a frente? Perguntar isto é um insulto?

E quem é que não tem sido decente aqui? Leiam os posts do autor do blog. Vejam o que ele escreveu de todos quantos ele não gosta. Depois concluam quem é e quem não é decente. É que diz o povo: "quem não se sente, não é filho de boa gente"! E o autor deste blog obrigou, por sua livre e espontânea vontade, a que muitos filhos de boa gente se sentissem ...