terça-feira, outubro 21, 2008

Ofício da Procuradoria Geral da República ( I )

Na impossibilidade momentânea, por dificuldades técnicas de inserir o documento, o que faremos logo possível, transcrevemos o conteúdo do Ofício da PGR 19422/2008 com data de 14-10-2008, recebido agora, dirigido aos moradores subscritores da exposição:
"Reportando-me à exposição de V. Exas datada de 12 de Junho do corrente ano, tenho a honra de informar que a mesma foi enviada aos Senhores Procurador da República no Tribunal Administrativo e Fiscal de Almada e Procurador-Geral Adjunto Coordenador no Tribunal Central Administrativo Sul.
Oportunamente será informado do resultado das diligências efectuadas"
Assina PEL' A CHEFE DO GABINETE
O Assessor José Soalheiro Régio

13 comentários:

Anónimo disse...

Parabens a este grupo de moradores da Lopes de Mendonça pelo empenho e dinamismo demonstrados nesta trapaça criada pela CMA.
Estou convencido que muita água ainda passará por baixo desta ponte...

Anónimo disse...

(Não sei se tem conhecimento de esta petição)
Não sei se terá algum efeito, mas quem estiver descontente com o trabalho da CMA assine:

http://www.peticao.com.pt/acessibilidades-almada

morador na rjjl disse...

Testes ás 2 das manhã?!?!
3 comboios em fila indiana!!!
Não há respeito por ninguém??
Cada vez gosto mais de morar em Almada...

morador disse...

"OS CÃES LADRAM E O COMBOIO PASSA"

Foi o que aconteceu esta madrugada na ex-RLM (pelo menos até cerca das 2 da manhã).
Ainda o comboio vinha longe e já os cães ladravam, pois tambem estes se sentem incomodados.

Belas noites de sono nos esperam...

MORADORA RLM disse...

Eu estou surpreendida por ainda ninguem neste forum ter comentado o fernesim de ontem à noite. É verdade sim que os comboiozinhos andam a fazer testes da 1 e meia às 2 e meia da manhã! Fazem um enorme barulho e provocam o estremecer dos prédios todos! Esta gente da Cma devia ter dois olhos na cara e ver que metro de surprefície nesta cidade com ruas estreitas foi uma estupidez! No porto é enterrado (onde existe limitações de espaço)!

Nós na RLM é que temos de aturar o comboio na nossa almofada durante toda a noite! Isto é um insulto! Nós pagámos as nossas casas como qualquer outra pessoa e agora temos de aturar isto! Não é justo que isto fique assim!

Eu digo uma coisa, quando esta m*rda de comboio for inaugurada eu juro que vou comprar uma dúzia de ovos e vou atirá-los contra a janela onde estiver sentada a Presidente ou a Secretária de Estado. Aliás, convido todos os meus vizinhos a fazerem o mesmo, já que me parecee que um comboio a escorrer de claras de ovo no dia da inauguração é a única forma de um dia nos virem a prestar atenção e assim nos compensarem por toda a qualidade de vida que perdemos. Para estes politicos da CMA e do Governo só com mediatismo e que ouvem quem está a passar mal!

TODA A RUA DEVIA COMPRAR OVOS E ATIRÁ-LOS DA JANELA NO DIA DA INAUGURAÇÃO.

ps: estou a pensar seriamente em chamar o instituto do ambiente a minha casa para efectuar as devidas medições sonoras (durante a noite).

Anónimo disse...

Também já tinha pensado nisso.
Ovos e tomates que é o que se faz em qualquer país democrático quando as populações são cerceadas nos seus direitos pelas autoridades
prepotentes.

Na própria América onde vemos essas manifestações através da TV.

É um direito que nos assiste quando somos desrespeitados pelas autoridades autocráticas.

Vamos todos ter a consciência destes factos e reagir como nos compete.
Passemos das palavras aos actos, e os jornalistas que acompanham a viagem inaugural não vão poder esconder do público aquilo que se passa em Almada.

Imitemos os comunistas que é o que fazem nas suas manifestações quando estão em oposição ás atitudes dos governos.

Anónimo disse...

Na noite de sexta para sabado, houve testes das 2.45 às 5.00 da manhã.
Admiramo-nos por vezes de determinados actos tresloucados que são acometidos. Mas ao estarmos a ser assim roubados...

Anónimo disse...

Deviamos continuar a deixar os carros em cima das linhas porque se a rua estiver toda ocupada não vão rebocar dezenas de carros durante a madrugada. E se o comboio apitar, logo se vai tirar o carro.

Anónimo disse...

Estacionamento nos Passeios á frente das portas dos prédios..

Temos por aqui uns vizinhos(as) que estacionam os carros mesmo a frente das portas dos prédios impossibilitando mesmo a passagem em caso de emergêcia, para os prédios e também pelo passeio.

Todos sabemos que o estacionamento na ex RLM foi muito reduzido, mas tem que haver mais respeito pelos outros moradores e pela nossa segurança...

Morador ex RLM

Anónimo disse...

Embora a presidente da Câmara de Almada, a demagoga Emília, seja a responsável pelo caos que existe com o estacionamento na cidade, estacionar carros em frente à entrada dos prédios revela onde quer que seja, egoísmo e falta de respeito desses cidadãos pelos moradores locais.
Fica em causa a segurança dos residentes.

Anónimo disse...

MINISTÉRIOS DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO
PÚBLICA E DAS OBRAS
PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES
Despacho n.º 27450/2008

Através do despacho conjunto n.º 268/2006, de 8 de Março, publicado
no Diário da República, 2.ª série, de 20 de Março de 2006, foi nomeada
a comissão de acompanhamento da alteração da parceria público -privada do Metro Sul do Tejo;
Tendo por base o relatório então apresentado por essa comissão, foi
aprovada uma minuta de aditamento ao contrato de concessão relativo
à parceria público -privada do Metro Sul do Tejo, espelhando o acordo obtido entre as partes, o qual, à data, consubstanciava a melhor forma de alcançar a necessária estabilidade financeira no âmbito da parceria;

Entretanto, a evolução das condições do sistema financeiro alteraram os pressupostos que presidiram à condução dos trabalhos desta comissão,
afigurando -se, por isso, necessário rever e adaptar o acordo à luz da actual
conjuntura, de modo a acautelar devidamente os interesses das partes.
Assim, determina -se o seguinte:

1 — A comissão nomeada pelo despacho conjunto n.º 268/2006, de 8 de Março, publicado no Diário da República, 2.ª série, de 20 de Março de 2006, mantém -se em funções.

2 — A engenheira Maria Cristina Duarte Laginha é substituída pelo
engenheiro Marco Aurélio Sousa Martins, em representação do Ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações.

3 — A comissão deve apresentar no prazo de 10 dias o relatório a
que se refere o n.º 2 do artigo 14.º -A do Decreto -Lei n.º 86/2003, de 26 de Abril, com a redacção introduzida pelo Decreto -Lei n.º 141/2006,de 27 de Julho.

4 — O presente despacho produz efeitos desde a data da sua assinatura.

6 de Outubro de 2008. — O Ministro de Estado e das Finanças,
Fernando Teixeira dos Santos. — O Ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, Mário Lino Soares Correia.

Anónimo disse...

Para os carros estacionados em frente aos prédios há uma solução simples...a PSP tratará disso! Se dado o exemplo verão que não se repetirá!

Nota: Acham incorrecto o estacionamento em frente aos prédios mas esquecem-se de referir o estacionamento em cima dos ecopontos!!!

Anónimo disse...

6. Resolução do Conselho de Ministros que altera a minuta do aditamento ao contrato de concessão do projecto, da construção, do fornecimento de equipamentos e de material circulante, do financiamento, da exploração, da manutenção e da conservação da totalidade da rede de metropolitano ligeiro da margem sul do Tejo, a celebrar entre o Estado Português e a MTS, Metro, Transportes do Sul, S.A.
Esta Resolução visa alterar a minuta do aditamento ao contrato de concessão do projecto, da construção, do fornecimento de equipamentos e de material circulante, do financiamento, da exploração, da manutenção e da conservação da totalidade da rede de metropolitano ligeiro da margem sul do Tejo, a celebrar entre o Estado Português e a MTS, Metro, Transportes do Sul, S.A., tendo em vista adaptar as datas de entrada em serviço e recepção das infra-estruturas às modificações introduzidas nas bases de concessão daquela rede de metropolitano, decorrentes da evolução das condições de mercado e que se revelaram menos onerosas para as partes.


http://www.governo.gov.pt/Portal/PT/Governos/Governos_Constitucionais/GC17/Conselho_de_Ministros/Comunicados_e_Conferencias_de_Imprensa/20081023.htm