domingo, outubro 05, 2008

Exposição ao Exmo Sr. Procurador Geral da República ( III )

O administrador do blog informa que o mesmo não está parado.
O assunto dos 3 últimos "posts" justifica a sua continuidade ainda em 1º Plano
(14-10-2008)
Divulgámos nos dois posts anteriores a documentação referente à exposição dirigida ao Sr. Procurador Geral da República sobre o não cumprimento de um Despacho da Srª Secretária de Estado dos Transportes, que alterou o traçado do MST no denominado Triângulo da Ramalha.
Embora esse Despacho não tivesse sido revogado, o mesmo não foi cumprido.
Esta foi uma das razões da nossa exposição dirigida a S. Exª o Senhor Procurador Geral da República.
Temos certificação, conforme divulgado neste blog, que a nossa exposição foi recebida na Procuradoria Geral da República e encaminhada ao Tribunal Administrativo e Fiscal de Almada(TAFA).
Acabámos por nunca termos tido informação conducente com as circunstâncias e com os nossos direitos de cidadãos à informação num Estado democrático.
Não houve resposta a nossas solicitações, por isso,
divulgamos hoje as duas últimas cartas dirigidas com Aviso de Recepção a S. Exª o Sr. Procurador Geral da República, a pedir informação sobre o assunto,uma vez que funcionária do TAFA nos disse não poder informar pelas razões que referiu e dissemos em post anterior, das quais não obtivemos até à data qualquer resposta ou informação.
clique sobre os doc. para aumentar e ler
1- Carta de 12 de Junho de 2008:

2 - Carta de 29 de Julho de 2008:
CIDADÃO PERGUNTA: O que é o exercício da política neste país "democrático"? O que é ser cidadão neste país "democrático" ? O que é respeito pelos cidadãos deste país "democrático"? Que Justiça temos neste país "democrático"?

32 comentários:

Anónimo disse...

A justiça neste país só existe para os fracos....

Os fortes protegem-se uns aos outros.

È vergonhoso o modo como a justiça funciona em Portugal...

Os meus parabéns pela forma simples e clara como aqui mostra o estado da justiça em Portugal...
"Não funciona....."

Morador ex RLM

Anónimo disse...

Muito se estranha o facto deste blog ter tantos visitantes e, sobre este assunto, A QUEIXA dos moradores ao seu mais alto Magistrado, tão poucos comentários...
Será que, tal como antigamente, não se pode comentar este ou aquele assunto?...
Ou será que as pessoas já têm medo?
Será que os visitantes, de tão perplexos com estes factos aqui documentados, já não têm quaisquer comentários a fazer?
Recordamos, mais uma vez, que a justiça quando aplicada a destempo já não é justiça...

Anónimo disse...

É triste e lamentável mas é revelação do país real a ser surripado por uma elite rasca.
O Poder Público demite-se ou não existe,se existe está minado e armadilhado.

Fernando Antolin disse...

E continuam sem resposta?? Nunca houve hipótese de uma providência cautelar?
É uma situação absolutamente surreal.

Anónimo disse...

É o pobre País que temos...
A partir da nossa pobreza fazem-se muitos novos ricos...

Anónimo disse...

E alertar a comunicação social? Já foi tentado? Às vezes a unica forma de resolver os problemas é chamar a atenção da opinião pública...

Anónimo disse...

A COMUNICAÇÃO SOCIAL É PROSTITUTA.
FACILMENTE SE VENDE PELOS ANÚNCIOS QUE A CÂMARA LHES PAGA COM O DINHEIRO DOS NOSSOS IMPOSTOS.

Anónimo disse...

E a situação escandalosa da colocação de contentores de lixo colados a um prédio da Lopes Mendonça ???
Tudo isto é lixo como o que querem colocar nas casas destes municipes.

Anónimo disse...

Não há regras para a instalação destes contentores?

Não haverá distâncias mínimas a respeitar, relativamente à casa de cada um?

Onde está o DELEGADO(A) DE SAÚDE de Almada. Será que ainda existe?

Onde estão os ambientalistas deste pobre País que tanto se preocupam com as mais variadas espécies animais (selvagens) e tão pouco se têm preocupado com a espécie humana que tem o seu habitat na ex-rua Lopes de Mendonça?

Será que os animais desta espécie (humana),alegadamente "domesticados" (espezinhados) pelo poder ditatorial dos autarcas que desgovernam Almada há mais de trinta anos, não têm direitos?

Em suma, não haverá um outro local MAIS ADEQUADO para colocar os contentores do lixo?

Onde está o Vereador do Ambiente?

Esta personalidade existe?

Se existe, gostaria de ter estes armazéns de lixo debaixo da sua janela?

Abençoadas incompetências...

Anónimo disse...

A Justiça em Portugal funciona?
A Injustiça vê-se bem que está activa.

Moradora disse...

Esta noite, mais uma vez, nos foi dada uma amostra do que vai ser o nosso futuro.
O comboio andou a fazer testes até cerca das 0.30h.
Como vai ser possivel descansar na ex-RLM onde o comboio passa tão proximo dos prédios que estes fazem de barreira acústica? Os "experts" não saberão que com estas condições nos andares superiores o som é mais intenso que ao nivel do solo?

Anónimo disse...

Onde estão os especialistas do MINISTÉRIO DO AMBIENTE?
Será que este Ministério existe?
A justiça não funciona, o Ministério da Justiça não faz nada...
O Ministério das Obras Públicas e das Comunicações e o Ministério das Finanaças, funcionam mal, atendendo a que foram no BOTE da MES e dos seus acólitos. Como foi possível os ditos responsáveis destes ministérios terem "embarcado" no desastroso traçado do comboio regional em Almada? Sim, comboio, porque é um "bicho" destes que anda em testes na cidade de Almada...
Quanto aos moradores, não tem problema não.
Dormem dde empreitada até às cinco da manhã... nas poucas horas em que o comboio descansa...

Anónimo disse...

Hoje podemos concluir sem sombra de dúvida, porque já vimos e ouvimos o comboio a circular, que o ruido é imenso, aliás como se desconfiava.
Só nos espanta é o assobiar e olhar para o lado que todas as entidades públicas adoptaram.

Anónimo disse...

A MEmília Sousa e a Câmara roubaram os moradores da Ramalha de seu espaço público.

Compraram casas localmente com determinadas condições ambientais e espaços públicos e a srº presidente qual dona de um couto roubou-lhes a rua, os parqueamentos, o sossego e o sono a que têm direito natural para dar esse espaço aos exploradores do metro.
Foi efectivamente exercida uma violenta roubalheira sobre aqueles cidadãos.
A Justiça deste país assobia para o lado e faz silêncio sobre a cena.

Anónimo disse...

Já que alguém se queixou de que há poucos comentários por aqui (lembro que o autor os selecciona ...), vou aqui deixar um.

O meu comentário, então, é este. Será que alguém já terá pensado que os alegados moradores (que são poucos, muito poucos) que alimentam este blog e que dizem o que lhes vem à cabeça, não têm qualquer razão? Já alguém terá equacionado essa hipótese? Ou é mais fácil disparar em todas as direcções, incluindo o Procurador Geral da República, para tentar justificar as suas posições egocêntricas como se fossem os donos da verdade e da razão absoluta?

Não tentaram providências cautelares? Porquê? Essa é uma figura ao alcance de qualquer cidadão, mais ainda de grupos de cidadãos! Porque o não fizeram? Por incompetência? Por desconhecimento? Ou pela certeza que têm de que se o fizessem, muito mais facilmente seria a sua "razão" desmascarada?

Ora, ora, caros senhores, não está já mais do que na hora de todos percebermos quesão apenas interesses egoistas (e mesquinhez política) que movem estes senhores que aqui disparam em todas as direcções? Será que não dá já para perceber isso claramente.

Claro, e vamos ver se a "moderação" do moderador não dará para cortar este comentário ...

Anónimo disse...

Que raio de medições de ruído foram feitas? Agora já se sabe na realidade qual o nível de ruído que o comboio faz no túnel da Lopes de Mendonça. E, ainda estão em testes. Quando circular normalmente com intervalos de 90 segundos, vai ser bonito. O túnel da Lopes de Mendonça abafa o som e os moradores dos últimos andares vão sofrer a bom sofrer. Não se poderá fazer queixa a alguma entidade que controle os ruídos?
Esta cidade está um caos, os logistas, o trãnsito, o lixo, a poluição, é muito maior que antes.
O Plano de IMOBILIDADE 21 é o maior fiasco, mentiram-nos seus ALDRABÕES. ALMADA ESTÁ UM "GHETTO",
Devido aos irresponsáveis da Câmara, MES e J. Gonçalves.

residente disse...

Anónimo Outubbro 13, 2008 8:07 AM

O ADMINISTRADOR DO BLOG NÃO VAI PERDER MUITO TEMPO CONSIGO PORQUE NÃO DEVE FAZÊ-LO. NÃO VALE A PENA. LIMITA-SE A DIZER-LHE:


1- O único comentário que foi eliminado era de uma pessoa anónima que se referia a autarca ( a Presidente da Câmara) em termos pejorativos.
Seria alguém revoltado com a situação ou de algum Provocador(a)?

2- Relatiavamente ao "disparar em todas as direcções" está enganado.
Os moradores não dispararam, nem disparam.
Defenderam publicamente e de forma construtiva os seus pontos de vista sobre a matéria.
O Governo decidiu e a Presidente da Câmara não cumpriu o prometido.

3. "Posições egocêntricas como se fossem os donos da verdade e da razão absoluta"?
A porta certa é a da Presidente da Câmara.
O governo até escolheu a Proposta Alternativa dos moradores ao traçado do MST, o COMBOIO, na Ramalha, mas a presidente da Cãmara entende ser "dona da verdade e da razão absoluta".

Vejo que o anónimo talvez seja da mesma estirpe da presidente da CMA, nesta matéria.

Concluo:
- que o metro, aliás o nome correcto é COMBOIO, pelos estragos e danos que a sua IMPLANTAÇÃO está a provocar em Almada deixa-vos muito nervosos e perturbados.
Será por se considerarem "donos da verdade e da razão absoluta"?

- que este blog ao divulgar toda a documentação e verdade sobre o traçado para meter o COMBOIO na Ramalha, também vos deixa numa situação muito incómoda, já que revelou as contradições e mentiras da presidente da CMA e outros autarcas deste concelho, bem como a situação menos própria de outras pessoas diante desta trapalhada monstruosa para Almada.

- quanto aos moradores que tanto o inquieta, são o legítimo "poder popular" através do livre exercício da cidadania não controlados por qualquer partido político, especialmente o PCP.
Isto deixa-vos a roer as unhas!

Será que para vós "poder popular", "legitimidade popular", a "voz das populações", " participação dos cidadãos" " exercício da cidadania" etc, etc... só tem legitimidade quando controlado pelo PCP, por alguém ou por vós?

ISSO TEM UM NOME!

Anónimo disse...

Ao camarada das 8:07 Am

Olhe para trás, para dentro da "sua" casa e veja que a MES e CMA têm apoio minoritário no concelho.

Só 20% dos eleitores do concelho votaram no PCP/CDU.

Vocês estão fartinhos de fazer tropelias neste concelho, enganar as populações.
Dizem que têm apoio maioritário dos almadenses!

MENTIROSOS.

Esta é para rir a bandeiras despregadas.

Onde e quando?

Não desdiga dos moradores.

Seja e sejam honestos e sensatos pelo menos uma vez na vida, nas vossas avaliações.

Reconheçam ( eu não acredito que o façam)que se comportaram desonestamente com os moradores do bairro da Ramalha.

Anónimo disse...

Eu ainda vou perder menos tempo com o aministrador do blog do que ele comigo:

1. Termos pejorativos relativamente a autarcas (Presidente da Câmara, Presidente da Assembleia Municipal, Vereadores, Deputados Municipais) usa, e abusa, o administrador do blog nos seus posts. E não me consta que os apague. Mas a questão não é essa, não é apagar o que foi escrito, é admitir (qual censura) não publicar o que se deixa como comentário. Isso é que é grave, não é apagar insultos!

2. Quer "disparar" entre aspas? Eu ponho-lhe as aspas. Agora que "disparam" em todas as direcções, lá isso "disparam". Basta ler os posts do administrador do blog. E depois, já agora, alguns dos comentários ...

3. Está a ver como o administrador do blog tem uma posição egocêntrica que o leva a mentir? O Governo não escolheu nada uma opção diferente. A SET despachou um parecer técnico pedindo a anuência do Município. Por mais que batam nesta tecla não irão lá. E provavelmente (muito provavelmente, digo eu) é que a tal providência cautelar nunca saiu ... não sei, digo eu!

4. Não assiste nenhuma razão ao administrador do blog para dizer que eu, ou quem quer que seja que tenha a mesma posição que eu, estou nervoso e perturbado. Nervoso e perturbado está ele, e muito e há muito tempo. Mas isso nem sequer é da minha conta.

5. Finalmente a questão partidária. O administrador do blog quer atirar areia para os olhos de quem? Então não foi o administrador do blog que foi candidato - cabeça de lista -, por um determinmado partido político, que não venceu as eleições para a Assembleia de Freguesia do Pragal mas elegeu o administrador do blog, o qual, na primeira oportunidade que teve, "pôs-se ao fresco" deixando os seus eleitores a "chuchar no dedo"? Então não foi assim que as coisas aconteceram? Bem pode vir agora o administrador do blog com estes moralismos! São é falsos, claro!

Olhe, nervoso e perturbado, por nervoso e perturbado, a resposta do administrador do blog ao meu comentário é bem reveladora. De quem está nervoso e perturbado!

residente disse...

Anónimo Outubro 13, 2008 7:06 PM

O administrador do blog já lhe disse o que tinha a dizer e não lhe dá mais troco.

Anónimo disse...

Boa solução! É assim que eu gosto de debates!

Anónimo disse...

Ao ver e ouvir o comboio a circular em regime de testes na av. D. Nuno Alvares Pereira, não me restam dúvidas sobre o nivel de ruido que a circulação do mesmo vai gerar.
Só é enganado quem quer.
O que está em causa, na minha opinião, será uma questão de traçado. Este traçado não serve de modo nenhum a população do concelho, nem vai (ou irá) aos locais em que todos pensamos que deveria ir, ou seja, Hospital, Charneca da Caparica, Costa da Caparica, entre outros.
Um comboio ligeiro, ou metro como pomposamente alguns querem chamar, deveria ir aos locais enumerados e bem assim quando da sua entrada no centro da cidade, esta deveria ser feita pelo subsolo ao invés da situação actual, a qual vai cortar Almada ao meio, passando a existir uma Almada Leste e outra Almada Oeste.
É uma pena termos chegado à presente situação, para a qual penso que a única solução é minimizar os efeitos negativos a nivel do ruido.
Um habitante de Almada.

morador RJJL disse...

Caro Sr. Anónimo Outubro 13, 2008 8:07 AM,

Certamente não mora nas ruas afectadas pois, caso contrário, não teria tal opinião. Se assim é, qual será o seu interesse em consultar e participar neste blog?

Anónimo disse...

Caro Anónimo de Outubro 13, 2008 8:07 AM.

Caso já não se recorde, porque a memória de alguns (políticos) é curta, convirá aqui relembrar que:

- Os autarcas de Almada, através da Assembleia Municipal, EXIGIRAM formalmente ao Governo que FIXASSE o traçado do Comboio Regional na zona da Ramalha (PRIMEIRO FACTO);

- O Governo mandou elaborar um estudo técnico-económico das soluções possíveis, tendo vencido a solução apresentada pelos moradores, a Solução 5 (SEGUNDO FACTO);

- Os mesmos autarcas que exigiram a FIXAÇÃO do traçado ao Governo, quando este o fez e porque a solução não lhes agradava, falando em bom português,fizeram da cara cú... (TERCEIRO FACTO);

Sendo estes, entre outros, os factos importantes e porque os interesses e compadrios políticos falaram mais alto, à falta de outros argumentos, valeu o poder ditatorial dos já citados autarcas.

Assim, foi IMPOSTO um traçado que há-de ser pago à custa dos impostos de todos os portugueses. Sim porque, desta BIRRA dos autarcas, resultou um agravamento da obra avaliado em UM MILHÃO E DUZENTOS MIL EUROS, fora as alcavalas que certamente surgiram ao longo da sua conturbada execução... (ISTO É MAIS UM FACTO).

Assim se viu a "palavra" dos autarcas que assumiram publicamente voltar a reunir com os moradores...

Será caro anónimo que desconhece estes factos? Se os desconhece fale com os (i)responsáveis autarcas que estiveram nas reuniões havidas no Pragalense...

Sabe, os políticos esquecem-se com facilidade...
Os cidadãos anónimos, aqueles que não militam em partido nenhum, não...

Porque teima estupidamente em ignorar os factos anteriormente referidos?
Quem lhe encomendou o sermão e a tarefa de ser o "porta voz" do poder autárquico, neste e noutros foruns de discussão? Estes sim de discussão porque todos podem escrever, contrariamente aos foruns ditos de participação do MST promovidos pelo poder instituído no qual só davam a palavra aos cidadãos que apoiam o "regime autárquico vigente"...

Olhe, para terminar, aproveito para lhe recordar a sabedoria popular:

Quando o caruncho entra na madeira, passados uns tempos, não resta nada. Nem caruncho nem madeira...

Em Almada, o carunho entrou há mais de trinta anos...
Estamos agora a constatar o que resta...

Anónimo disse...

Este anónimo (será o tal que já tinha dito tudo e não me dava mais troco?) fala de factos que o não são, para logo a seguir pretender retirar conclusões abusivas e sem fundamento como esta: "... e porque os interesses e compadrios políticos falaram mais alto, à falta de outros argumentos, valeu o poder ditatorial dos já citados autarcas".

Não, anónimo, não é assim, e o que diz serem factos não o são ... de facto. São demagogia pura.

E volto a insistir: se esses fossem factos - portanto verdades - porque não saiu nunca uma providência cautelar como alguém já aqui sugeriu? Porquê?

E já agora, onde anda o administrador do blog agora, que se cala perante as afirmações pejorativas como aquela que acabo aqui de reproduzir? Ou a afirmação que cito não é pejorativa?

Ah, pois é, já me esquecia. O administrador do blog já disse tudo o que tinha a dizer e não me dá mais troco ...

Quanto a vir aqui a este blog, e morar ou não onde moro, alguém quererá cercear-me o direito à opinião? Porquê? Incomodo? Paciência!

Anónimo disse...

não restam dúvidas de que a obra está muito mal projectada...

barulho, estacionamento, postes e pilares por todo o lado e o trânsito almadense a percorrer avenidas delineadas a régua e esquadro... é só ziguezagues desde o centro sul até Cacilhas! não sabiam fazer as estradas direitas? não serão provocados acidentes?

Anónimo disse...

mas já se levou este assunto à comunicação social ou não? eles poderiam obter respostas e desenvolver alguma investigação que se revelasse interessante.

Anónimo disse...

Já foi aqui dito que a comunicação social é prostituta.
Vende-se pelo dinheiro que a Câmara de Almada lhes paga para fazer a propaganda da edilidade de Almada.
Isso já aqui foi dito.
Não há mais que ver...

Anónimo disse...

Já aqui foi afirmado que a comunicação social é uma verdadeira prostituta...
Os seus favores compram-se, com publicidade paga à custa dos nossos impostos...
Tire o anónimo as suas conclusões quando lê os encartes nos semanários, vê os anúncios nas televisões, etc....
Os moradores da Ramalha sabem do que falam e escrevem...

Anónimo disse...

Providências cautelares para quê?

O poder judicial vem funcionando da forma que os três últimos post bem demonstram...

Estamos na RDA, Região Demo-crática de Almada, cidade agora separada por um verdadeiro muro, uma linha de caminho de ferro, tal como o muro que separava Berlim, ou como a linha que separa Lisboa cidade da zona ribeirinha do Tejo...

Os moradores da Ramalha, mesmo espezinhados por um poder autárquico autista, não se deixam encantar por cantos de sereias e vêm mostrando à cidade, ao País e ao mundo, os FACTOS que bem conhecem, DOCUMENTANDO-OS....

Os moradores sabem perfeitamente que, tal como antigamente, há "amarelos", "submarinos" e "controleiros" por todo o lado...

Vejamos mais um facto:

Quem foi a personalidade política relatora do Relatório elaborado pela Comissão Parlamentar de Obras Públicas, Comissão à qual os moradores da Ramalha se dirigiram no exercício dos seus direitos expondo a escandalosa situação de embuste de que estavam a ser vítimas?

Acertaram...

O Relatório em causa foi redigido por um militante do PCP?

Com que isenção?

Com a ISENÇÃO, IMPARCIALIDADE e FEDILIDADE próprias de quem depende de um qualquer comité central, isto é, no estrito RESPEITO pelas DECISÕES tomadas prévia e democraticamente pelos autarcas de ALMADA...

Tenham dó, os moradores da Ramalha e os Almadenses em geral, os 80% que não votaram CDU, pensam e agem com as suas próprias cabeças.

Os camaradas não. PENSAM E RESPONDEM A UMA SÓ VOZ...

Anónimo disse...

Aquilo que os Almadenses e os portugueses em geral têm de saber e de PAGAR...

As sucessivas asneiras dos autarcas de Almada e da santa aliança que os comanda, a CDU, nomeadamente o ajustamento das obras ao calendário eleitoral passado, conduziram a este lindo resultado...

"Finanças dão 90 milhões para sanear Metro Sul do Tejo.

O Ministério das Finanças vai dedicar 90 milhões de euros ao saneamento financeiro do Metro Sul do Tejo (MST), segundo o Orçamento do Estado para 2009 divulgado esta manhã.

Esta verba surge no ano em que também a Rede Ferroviária Nacional (Refer) recebe, ao abrigo do Programa de Investimentos e Despesas de Desenvolvimento da Administração Central (PIDDAC), um milhão de euros que visam o financiamento do encerramento do projecto da equipa de missão do MST.

O MST entrou em funcionamento em Maio de 2007, antes de ter toda a linha concluída e, segundo contas feitas por um responsável da empresa ao Diário de Notícias em Setembro desse mesmo ano, o Metro registava custos diários de 15 mil euros.

Filipe Paiva Cardoso
filipecardoso@mediafin.pt"

Artigo publicado pelo Jornal de Negócios, edição de 2009-10-15.

Para os "investidores" do MST milhões, para quem trabalha, tostões...

Será que o camarada Jerónimo não tem qualquer comentário a fazer sobre este assunto?

Aguardamos os comentários do visitante ao serviço da MES e dos seus acólitos...

Anónimo disse...

Notícia publicada no Diário de Notícias, edição de 2008-10-15.

" Metro Sul do Tejo. Primeira fase do projecto concluída com três anos de atraso

Concessionária admite adiar abertura de nova linha se faltar verba

A empresa Metro Sul do Tejo (MST), concessionária do metropolitano de superfície a funcionar nos concelhos de Almada e Seixal, reclama do Estado uma verba aproximada aos 75 milhões de euros, sem a qual admite não ter condições de abrir ao público o terceiro ramal que completa a primeira fase do projecto - cuja inauguração está prevista para dia 27 de Novembro - que irá ligar as linhas Corroios-Pragal e Cova da Piedade - Universidade (Monte da Caparica) a Cacilhas.

Segundo fonte da empresa, em causa está uma indemnização relativa a um atraso de três anos nas obras, já que o metro deveria estar em funcionamento desde 2005 - e só começou em Abril de 2007 no troço Corroios-Pragal. Os 75 milhões de euros equivalem ao valor estimado pela concessionária face ao somatório dos três anos de perda de exploração, prolongamento dos estaleiros para apoio às obras e trabalhos inerentes a duas alterações ao projecto inicial no triângulo da Ramalha e consolidação da zona da Cacilhas (ambos em Almada).

O Estado admitiu que vai ressarcir a MST ainda no decorrer do mês de Outubro, através de um financiamento intercalar de 60 milhões de euros, sendo os restantes 15 milhões pagos no início de 2009. A MST está preparada para abrir a 27 de Novembro o novo ramal de ligação a Cacilhas, que se encontra concluído e em período de testes desde dia 6.

Segundo a Metro, a construção das segunda e terceira fases da rede entre Corroios-Fogueteiro e Fogueteiro-Seixal-Barreiro vai depender da viabilidade económica e financeira face à procura. A avaliação será feita após a entrada em funcionamento da primeira fase."

O que qualquer Almadense sabe, mas convém que o resto do País também saiba, é que os atrasos da obra são o resultado das "exigências" feitas ao Governo pelo CMA com uma "maioria absoluta" de cerca de 20% dos votos... na CDU.
Com estas exigências, que todos os portugueses pagarão com língua de palmo, o executivo municipal conseguiu (com êxitos pessoais, saliente-se, na obtenção da dita "maioria") o ajustamento do desenrolar das obras ao calendário eleitoral...

Se as estes €75.000.000.00 (setenta e cinco milhões de euros), a avaliar pela notícia, de dívida vencida, acrescentarmos os €80.000.000.00 (oitenta milhões de euros) previstos no orçamento de 2009 para o mesmo fim, vejam bem o triste fim que nos espera.

Senhora Presidenta da CMA, D. MES, bem haja pelo sua quota parte de responsabilidade na fatia dos meus impostos que me é retirada para alimentar o lindo elefante cor de rosa (rosa branca diga-se) que criou em Almada...

Como também pagará os seus impostos (suponho) também será comtemplada com fatia idêntica, se bem que, de si, não tenho pena nenhuma...

Alguém poderá ajudar nas contas, calculando quanto "toca" a cada português pagador de impostos (sim porque há alguns que não pagam nada...)?

Vá lá, participem! Não custa nada...